13 ABR 2024 | ATUALIZADO 13:43
Retratos do Oeste
12/03/2015 22:57
Atualizado
13/12/2018 04:42

A seca verde que assusta o sertenejo

A+   A-  
Cenário cinza está mudando,ficando verdade e enchendo o homemdo campo de esperança
Imagem 1 -  A seca verde que assusta o sertenejo

O cenário mudou. O cinza está sumindo e em seu lugar está chegando o verde. A vegetação do semi-árido, que antes parecida morta, agora se revela viva, revigorante. Um colírio para os olhos do homem do campo.

E é bom mesmo e inclusive para o homem dos centros urbanos. Agora é possível já pensar num feijão verde e numa espiga de milho boa para assar na fogueira de são João no mês de junho. Enfim, o sertanejo prepara a terra.

Entretanto, ainda é muito cedo para se dizer, afirmar com precisão que teremos o inverno que precisamos. E as consequencias, no caso de não termos um bom inverno, serão trágicas, em parte por falta de ações de estado.

A seca não se combate. Na verdade, é preciso criar mecanismos de convivência com a seca. Um destes mecanismos são os sistemas de adutora, que foram instalados em vários partes do Rio Grande do Norte.

Estas adutoras, no entanto, são abastecidas com água dos reservatórios de superfície. O principal no RN é a Barragem Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalveis, na região do Vale do Açu e parte do Seridó.

A Armando Ribeiro é um enorme manancial com capacidade para armazenar até 2,4 bilhões de metros cúbicos de água. Sangrou pela primeira vez em 1985. De lá para cá, apenas nos ciclos de bons invernos.

Depois de três anos de invernos fracos, este reservatório, que é responsável pelo abastecimento de pelo menos meio milhão de habitantes do RN, incluindo Mossoró, está com aproximadamente 30% de sua capacidade.

Cenário desolador, que enchede de lágrimas os olhos do agricultor se ver em Pau dos Ferros. A Barragem secou, ficando apenas um filete de água insuficiente até para o consumo animal.

A cidade de quase 30 mil habitantes e outras da região, recebe água da Barragem de Santa Cruz.

Esta água vem num sistema adutor de engate. E esta barragem também está seriamente comprometida. Está com pouco mais de 30% de sua capacidade total de armazenamento.

Santa Cruz está sendo preparada para abastecer Mossoró e também ter suas águas transpostas para irrigar propriedade de grandes latifundiários na Chapada do Apodi. Secará ainda mais rápido.

Outro espetáculo proporcionado pela beleza da sangria, era possível ser visto em Acari, no Açude Marechal Dutra, que é conhecida na região por Gargalheiras. Este reservatório ficou só o solo rachado e ao redor, tudo cinza.

Este cenário cinza mudou. Agora é o verde revigorante que já domina a vegetação. Porém, este verde é resultado de muita pouca chuva. Carece de muito mais. Por enquanto, tudo que se tem observado é outra seca verde.

 

360 graus

O repórter fotográfico das alturas esteve nesta quinta-feira, no municípo de Equador.Mandou fotos.

Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário