23 JUL 2024 | ATUALIZADO 18:32
TRÂNSITO É VIDA
14/04/2015 19:16
Atualizado
13/12/2018 05:01

Falta de quórum impede sessão na Câmara Municipal de Mossoró

A+   A-  
Bancada da situação não apareceu e oposição teve 50% de faltas
Imagem 1 -  Falta de quórum impede sessão na Câmara Municipal de Mossoró

CMM fachadaA sessão de hoje na Câmara Municipal de Mossoró não aconteceu por falta de quórum - presença mínima de vereadores necessária para a realização das sessões. Dos 21, estavam presentes somente Lucélio Guilherme, Genivan Vale e Francisco Carlos. Nenhum vereador da situação apareceu.

A bancada da oposição, que tinha três vereadores presentes, afirmou que os governistas utilizaram a estratégia para evitar assuntos desconfortáveis para a bancada situacionista.

O líder do governismo, Soldado Jadson, explicou que alguns vereadores justificaram a ausência. Outros se atrasaram e, no momento de conferência do quórum, não estavam presentes no plenário.

Justo hoje, que seriam levados a plenário temas como a questão dos ambulantes e a pesquisa de avaliação dos gestores públicos.

Inferno astral

O poder municipal passa por período de turbulência. Após chegar de forma inesperada à Prefeitura, Francisco José Junior passou 2014 em período de organização da casa, como costumava afirmar em entrevistas. Mas, no ano em que as ações deveriam ser a marca registrada - próximo ano já vêm as eleições - a população está desconfiada. A insatisfação pública revela que o período é turbulento: redução dos royalities e do FPM, queda na geração de empregos, necessidade de cortes, pendências com servidores, e por aí vai.  

Dança das cadeiras no RN


Aos cem dias de gestão, a comunicação do Governo Robinson Faria muda de comando. Sai Georgia Neri, entra Juliska Azevedo. Em nota oficial, Georgia justifica sua saída para trabalhar na apresentação de um jornal na emissora de TV Band Natal. Antes de seguir para a Secretaria de Comunicação, Georgia já apresentava um telejornal de grande audiência na TV Ponta Negra.

Suspeição


Em cima da hora do julgamento da Ação de Investigação Judicial Eleitoral contra Beto Rosado no TRE, a relatora do processo, desembargadora Maria Zeneide Bezerra, se declarou suspeita. Para substituí-la, foi designado o desembargador Glauber Rego, nomeado para TJ pela então governadora Rosalba Ciarlini, tia do deputado federal.

Obras paralisadas


Segundo o professor Antônio Gomes, em entrevista ao programa Cenário Político, da TV Cabo Mossoró, as obras da UFERSA estão paralisadas. O motivo apontado pelo historiador é a crise financeira que o Governo Federal vem passando.

PL da Terceirização


Amanhã (15), as centrais sindicais engajadas na luta contra o PL 4330, que trata da terceirização dos postos de trabalho, programam uma paralisação nacional. Pelo clima de apatia da divulgação, é provável que o evento seja pouco sentido. Em Natal, o protesto é realizado pela CUT, CTB, servidores da saúde e educação. O protesto vai acontecer em frente ao prédio da FIERN, à tarde. Em Mossoró, na praça do PAX, às 15h.

PL da Terceirização 2


Hoje (14) foi aprovado na Câmara dos Deputados destaque que retirou do PL a possibilidade de as regras de terceirização serem aplicadas às empresas públicas, às sociedades de economia mista e às suas subsidiárias e controladas, no âmbito da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios. A votação foi encerrada e deverá ser retomada nesta quarta (15).

Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário