28 FEV 2024 | ATUALIZADO 18:28
POLÍCIA
Da redação
26/12/2017 12:03
Atualizado
13/12/2018 20:46

"Estão passando atirando aqui", diz socorrista do Samu quando atendia vítimas de ataque a tiros em Mossoró

A+   A-  
Fato aconteceu na tarde desta terça-feira, 26, no bairro Costa e Silva. Um dos socorristas do Samu pediu a presença da Polícia Militar. Com estes crimes, três homicídios foram registrados só nesta terça, 26.
Imagem 1 -  "Estão passando atirando aqui", diz socorrista do Samu quando atendia vítimas de ataque a tiros
Reprodução
O município de Mossoró registrou na terça-feira, 26, mais dois crimes de homicídio. Um casal foi morto a tiros entre a Rua Alcindo Firmino Fernandes e a Avenida Francisco Motta, no bairro Costa e Silva, região conhecida como Pintos. No mesmo bairro, um adolescente foi assassinado a tiros hoje pela manhã. 

A mulher foi identificada como Antônia Teixeira Fernandes, 53 anos, conhecida como “Tatudizinha”. A outra vítima ainda não foi identificada. 

Por volta das 14h50 de hoje, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para a ocorrência, quando confirmou os óbitos. Foram enviadas duas ambulâncias para o local (um Alfa e uma Bravo).

No local, um dos socorristas chegou a relatar que estava havendo tiros. “Estão passando aqui atirando e não tem polícia em nenhum dos locais”, relatou o socorrista à Central. 

A equipe solicitou a presença da Polícia Militar ou Guarda Municipal no local para fazer a segurança dos socorristas durante o atendimento. 

Pouco depois, agentes de segurança chegaram no local e isolaram os corpos, que estavam em lugares diferentes. 

Segundo informações, dois homens em uma motocicleta passaram atirando e alvejaram o casal. As vítimas ainda tentaram correr, mas foram atingidos pelos tiros e morreram no local.

Uma equipe da Polícia Civil, comandada pela delegada Liane Aragão, foi até o local e tomou as primeiras medidas. 

Após perícia nos locais, os corpos foram removidos para a sede do Instituto Técnico Científico de Perícia (ITEP), onde serão realizados exames de necropsia. 

Estes crimes foram os 242º e 243º registrados em Mossoró somente em 2017 – e já é recorde de violência no município. Em todo o Estado, foram registrados até o momento 2.353 crimes contra a vida.

Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário