31 OUT 2020 | ATUALIZADO 18:58
POLÍCIA
Da redação
26/12/2017 18:02
Atualizado
13/12/2018 10:24

Motorista de prestadora de serviços da Petrobras é a quinta vítima de homicídio nesta terça-feira, 26

A+   A-  
Outras três Condutas Violentas Letais e Intencionais aconteceram durante o dia no bairrro Costa e Silva (Pintos). As cinco ocorrências serão investigadas pela Delgacia de Homicidios, que tem apenas 2 delegados e 2 agentes
Imagem 1 -  Motorista de prestadora de serviços da Petrobras é a quinta vítima de homicídio nesta terça-feira, 2
A Polícia Militar registrou mais dois homicídios no início da noite desta terça-feira, 26 de dezembro de 2017, em Mossoró-RN. Outras três ocorrências de Condutas Violentas Letais e Intencionais foram registradas durante o dia, chegando ao número 245. No mesmo período em 2016 foram registradas 217 ocorrências semelhantes.

Veja mais
Adolescente é morto a tiros no bairro Pintos


No início da noite desta terça-feira, um corpo foi encontrado na região da bacia de captação da região norte de Mossoró. Quase ao mesmo tempo, a PM recebeu chamado de um ataque a tiros na Rua Juvenal Lamartine, perto da Rua Delfim Moreira. A vítima morreu dentro do carro.

Trata-se do motorista João Pereira da Silva. Ele trabalha numa prestadora de serviços à Petrobras. As testemunhas relataram que um atirador numa moto se aproximou e abriu fogo e havia um veículo perto dando cobertura. Os dois fugiram em disparada do local.

A Guarda Municipal e a PM chegaram rapidamente o local e isolou o veículo com o corpo dentro. Testemunhas relataram uma sequência de tiros, mas no local não havia capsulas espalhadas pelo chão. O atirador pode ter usado um revólver.

Pesquisado no local, policiais confirmaram que João Pereira da Silva havia sido a pessoa que emprestou o carro usado pelos assaltantes no assassinato de Hiroito Falcão. Esta possibilidade, inclusive, será investigada pela Polícia Civil.

O delegado Roberto Moura, que está de plantão, esteve no local com sua equipe fazendo o levantamento inicial. O Instituto Técnico-científico de Polícia (ITEP) removeu o corpo para exames. O caso deve ser investigado pela Divisão de Homicídios e Defesa da Pessoa, de Mossoró, quem tem apenas 2 delegados e dois agentes investigando os crimes.

Quanto ao caso do corpo encontrado na região da Bacia de Captação norte, os policiais até o fechamento desta edição pouco sabiam informar. 

Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário