26 JUN 2019 | ATUALIZADO 22:46
POLÍCIA

Aposentada é morta a tiros enquanto caminhava na rodovia perto de Patu

Assassinato aconteceu no início da manhã desta quarta-feira; PM já foi acionada ao local; Relatos apontam que o casal estava caminhando e homens passaram numa Hilux branca atirando e a senhora de 68 anos foi atingida e morreu
09/01/2019 06:40
Atualizado
10/01/2019 07:38
A+   A-  
Aposentada é morta a tiros enquanto caminhava na rodovia perto de Patu
Dona Chica caminhava por recomendação médica todos os dias, ao amanhecer, na companhia do marido nas margens da rodovia e terminou assassinada nesta quarta-feira

A aposentada Francisca Alves da Silva Oliveira, conhecida por Dona Chica de 68 anos, foi assassinada quando caminhava ao lado do marido Nonato perto do trevo de acesso da cidade de Rafael Godeiro a cidade de Patu, no Alto Oeste do Rio Grande do Norte.

O crime aconteceu no início da manhã desta quarta-feira, 9. A Polícia Militar foi acionada ao local e a Polícia Civil e o Instituto Técnico-científico de Perícia também. Removeram o corpo para exames na sede do ITEP, em Mossoró.

As primeiras informações são de que o casal caminhava nas margens da RN e perto trevo quando uma camioneta branca, parou, um homem de barba, gordo, desceu e atirou na cabeça de Dona Chica, que morreu. 

Seu Nonato teria sobrevivido se jogando no chão e correndo para dentro do mato. 

Após o ataque, os bandidos fugiram na direção da cidade de Rafael Godeiro. No trecho entre o Posto de Petros e esta cidade, teriam efetuado tiros na direção de outras pessoas que caminhavam nas margens da  RN.

A Polícia Civil de Patu em parceria com a Polícia Militar, com ajuda da população conseguiu localizar a camioneta e os ocupantes. Dona Chica foi morta com tiros a queima roupa disparados pelo médico Wilson Jales, que foi preso.

Veja mais

Médico que matou Dona Chica teria mando matar a ex e outras três pessoas

Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário