30 OUT 2020 | ATUALIZADO 16:29
NACIONAL
DA REDAÇÃO
26/01/2019 10:27
Atualizado
26/01/2019 12:28

Foto compartilhada na internet não é do desastre na barragem em Brumadinho

A+   A-  
MOSSORÓ HOJE checou e se trata de uma pessoa resgatada em 2011 pelos bombeiros de Patos de Minas. Um homem de 48 anos foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros de Patos de Minas, na Região do Alto Paranaíba, em Minas Gerais, após queda em uma cisterna de 17 metros
Imagem 1 -  Uma foto que circula e é compartilhada na internet está sendo atribuída ao desastre da barragem de Brumadinho. Na verdade, a imagem é de uma pessoa resgatada em 2011 pelos bombeiros de Pato de Minas
Uma foto que circula e é compartilhada na internet está sendo atribuída ao desastre da barragem de Brumadinho. Na verdade, a imagem é de uma pessoa resgatada em 2011 pelos bombeiros de Pato de Minas
Corpo de Bpombeiros de Patos de Minas

Uma foto que esta circulando na internet está sendo atribuída ao desastre da barragem de Brumadinho.Trata de um bombeiro se abraçando com um homem enlameado e chorando. Na camisa do bombeiro faz referência ao Estado de Minas Gerais, o que leva o leitor a acreditar que se trata de uma imagem recente. Na verdade, o MOSSORÓ HOJE checou a informação e confirmou que a fotografia não se trata do desastre que ocorreu nesta sexta-feira (25).

Na verdade, a imagem é de uma pessoa resgatada em 2011 pelos bombeiros de Pato de Minas. Um homem de 48 anos foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros de Patos de Minas, na Região do Alto Paranaíba, em Minas Gerais, após queda em uma cisterna de 17 metros. De acordo com informações da corporação, a vítima fazia manutenção da bomba d'água do poço quando caiu.

O assunto foi abordado pelo site G1 na ocasião, que um bombeiro precisou descer até o fundo da cisterna para amarrar uma corda ligada a um equipamento de segurança para içar o homem.

Apesar do trabalho dos bomnbeiros neste caso, a imagem que está viralizando não tem qualquer relação com o desastre da barrragem da Vale, em Minas Gerais. No Facebook da 4ª Cia Independente de Bombeiros - Patos de Minas o primeiro vídeo, traz a imagem do homem abraçando o bombeiro, e registra que a postagem do vídeo que homenageia os feitos da corporação foi produzida e postada há dez meses, ou seja, bem antes do caso da barragem (veja foto abaixo).

Segundo o pesquisador em jornalismo e mestre em Estudos da Mídia, William Robson, é muito comum que imagens que sensibilizam as pessoas sejam associadas erroneamente e somente o papel do jornalismo servirá para checar e esclarecer. "Isso mostra que neste caso, a audiência simplesmente estava compartilhando, sem qualquer checagem ou confirmação. O primeiro disse que era do desastre da barragem e o próximo acredita e repassa", disse.

Para este caso, o MOSSORÓ HOJE fez um trabalho de garimpagem da informação a partir de dicas oferecidas pela jornalista Cledivânia Pereira, em sua página no Instagram.


Imagem 2 -  Foto compartilhada na internet não é do desastre na barragem em Brumadinho, em Minas

Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário