26 AGO 2019 | ATUALIZADO 00:27
MOSSORÓ

Secretária elogia estrutura da UTI Neonatal da Maternidade Almeida Castro

Saudade Azevedo assumiu a Secretaria de Saúde de Mossoró há pouco tempo e nesta terça-feira, no horário da manhã, visitou as instalações do Hospital Maternidade Almeida Castro e buscou meios para retomar as cirurgias eletivas
12/02/2019 17:20
Atualizado
12/02/2019 17:23
A+   A-  
Secretária elogia estrutura da UTI Neonatal da Maternidade Almeida Castro
Saudade conversando com a interventora Larizza Queiroz e os médicos Inavan Lopes e Manoel Nobre sobre o funcionamento do Hospital Maternidade Almeida Castro
CEZAR ALVES

A Secretaria Saudade Azevedo, da Saúde de Mossoró, visitou na manhã desta terça-feira, 12, as instalações do Hospital Maternidade Almeida Castro, que é administrada pela Associação de Assistência e Proteção a Maternidade e a Infância de Mossoró.

Conversou com as interventoras Ivanise Feitosa e Larizza Queiroz, sobre a prestação de serviços de obstetrícia em Mossoró a mulheres de Mossoró e também de outras cidades da região oeste do Rio Grande do Norte.

Saudade elogiou as instalações da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal e reconheceu a necessidade deste aparelho de saúde, associado com o Berçário e o Canguru, para salvar vida dos bebês que nascem prematuros, com baixo ou peso ou outras patologias.

Atualmente são realizados uma média de 20 partos ao dia no Hospital Maternidade Almeida Castro, sendo que metade deste total de Mossoró e a outra metade de vários municípios da região Oeste do RN.

Além das interventoras, também participou do diálogo os diretores médicos Inavan Silveira e Manoel Nobre, assessores da Secretaria de Saúde e também da maternidade.

Inavan e Manoel Nobre ressaltaram a importância da Secretaria de Saúde manter pagamento dos médicos em dia e a secretária Saudade Azevedo pediu um prazo para regularizar a situação.

Os médicos também falaram sobre a necessidade de retomar as cirurgias eletivas. Neste caso, a secretaria Saudade Azevedo ressaltou que aguarda repasse do Governo do Estado, o que deve acontecer nos próximos dias.

Em parceria com a Maternidade Almeida Castro, a secretaria de saúde da Prefeitura de Mossoró admite a possibilidade de desenvolver ações de saúde em comunidades carentes de Mossoró.

A visita da secretária Saudade Azevedo está sendo visto com o fim dos entraves nos repasses dos recursos do SUS através da Prefeitura de Mossoró para a Maternidade Almeida Castro.

No período de 2017 a 2018, foram mais de 20 ordens da Justiça Federal de bloqueios de recursos da Prefeitura de Mossoró devido a retenção ilegal de recursos a maternidade nas contas da Prefeitura de Mossoró.


Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário