17 OUT 2019 | ATUALIZADO 20:05
SAÚDE

Vacina contra a gripe começa a ser liberada para a população nesta segunda (03)

Até a última sexta-feira (31), a vacinação era destinada apenas para o público-alvo e agora começa a ser liberada para o público em geral. Em Mossoró a assessoria da Prefeitura informou que a cidade atingiu a meta de vacinação e, portanto, não são todos os postos de saúde que ainda possuem as doses disponíveis. Os interessados em receber a imunização devem procurar o posto mais próximo o quanto antes.
DA REDAÇÃO, COM INFORMAÇÕES DO G1
03/06/2019 08:43
Atualizado
03/06/2019 09:33
A+   A-  
Imagem 1 -  Até a última sexta-feira (31), 20% do público-alvo ainda não estava imunizado, faltando 11,9 milhões de pessoas para atingir a meta de 90% de cobertura.
Até a última sexta-feira (31), 20% do público-alvo ainda não estava imunizado, faltando 11,9 milhões de pessoas para atingir a meta de 90% de cobertura.
FOTO: ROBSON DA SILVEIRA

A partir desta segunda-feira (03) o Ministério da Saúde abre a possibilidade de vacinação contra a gripe para toda a população. Os primeiros 50 dias da campanha foram destinados, exclusivamente, para o grupo prioritário.

Até a última sexta-feira (31), 20% do público-alvo ainda não estava imunizado, faltando 11,9 milhões de pessoas para atingir a meta de 90% de cobertura.

Em Mossoró a assessoria da Prefeitura informou ao MOSSORÓ HOJE que a cidade atingiu a meta de vacinação e, portanto, não são todos os postos de saúde que ainda possuem as doses disponíveis. 

“As doses da vacina são enviadas pelo Ministério da Saúde e é bom lembrar que não serão enviadas doses extras, então serão distribuídas apenas aquelas que ainda estão disponíveis no estoque”, explicou Nathália Rebouças, assessora de imprensa da prefeitura.

Neste caso, os interessados em receber a imunização na cidade devem procurar, o quanto antes, o posto de saúde mais próximo e verificar se este ainda possui material para realizar a vacinação.

Em Natal, ainda no sábado (01), uma ação foi desenvolvida no Midway Mall, com distribuição de 200 fichas para vacinação do público em geral.

Segundo o Ministério da Saúde, a abertura da campanha para o público geral busca evitar o desperdício das doses. Ela segue até que as doses acabem.

Mesmo assim, o grupo prioritário continuará tendo preferência para a aplicação em todas as unidades de saúde.

A escolha do grupo prioritário é determinada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A imunização é a forma mais eficaz de evitar a infecção.

A vacina protege contra os três subtipos do vírus que mais circulam no Hemisfério Sul, incluindo o H1N1, principal responsável pelas mortes no Brasil.


META DE VACINAÇÃO

Seis estados atingiram a meta: Amazonas (98,5%), Amapá (98,5%), Pernambuco (93,6%), Espírito Santo (91,3%), Rondônia (90,4%) e Maranhão (90%). Os estados com menor adesão são Rio de Janeiro (63,7%), Acre (73%) e São Paulo (73,1%).


Notas

Novo Eleitoral

Publicidades

Unicursos em Mossoró MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário