19 JUL 2019 | ATUALIZADO 00:24
NACIONAL

[VIDEO] Professora Eleonora Nacif critica projeto anticrime do ministro Moro

Veja VIDEO também do ex procurador geral de Justiça do RN explicando a prisão de Lula é ilegal a luz da Lei e, também, do coordenador de estatísticas da SESED, Ivênio Hermes, assegurando que redução dos homicídios no Estado vai continuar
15/06/2019 10:22
Atualizado
15/06/2019 10:58
A+   A-  
Professora Eleonora Nacif critica projeto anticrime do ministro Sérgio Moro
Eleonora Nacif está ministrando palestra no Hotel Garbos, em Mossoró, no Primeiro Congresso de Ciências Criminais da região

No primeiro dia de debates sobre ciências criminais realizado no Hotel Garbos, em Mossoró, o ex promotor de Justiça por 30 anos e atual advogado criminalista Paulo Roberto Leão, disse que a prisão para cumprimento de sentença  antes do processo transitar em julgado é ilegal.

Em contato com o MOSSORÓ HOJE, ressaltou que a prisão de Lula, a luz da Constituição Federal, é ilegal. É patente, diz.

Confere.


Em outra palestra, a diretora Nacional das Coordenadorias Regionais e Estaduais do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCRIM), advogada Eleonora Nacif bateu duro no projeto anticrime do ministro Sérgio Moro, da Justiça. Segundo ela, o projeto gera mais violência.

Confere


Os debates têm sequência neste sábado, dia 15, com vários especialistas na área de segurança pública e ciências criminais no auditório do Hotel Garbos, em Mossoró. É para professor, advogados e principalmente alunos dos cursos de direito.

Entre os palestrantes neste sábado, o pesquisador e coordenador de estatística na Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do RN, Ivênio Hermes, que vai tratar sobre a onda de homicídios no RN e o como o Governo do Estado, na atual gestão, está atuando para reduzir a criminalidade.

Na opinião do pesquisador Ivênio Hermes, a redução de homicídios nos primeiros 5 meses de 2019, em relação ao mesmo período de 2018, é sustentável. Vai continuar em queda, pois se trata de um trabalho da polícia baseado em análises criminais. A policia ataca o foco.

Confere


O organizador do Primeiro Congresso de Ciências Criminais da região de Mossoró, advogado Gabriel Bulhões, destaca a importância dos debates para os alunos que estão em formação nos cursos de direito em Mossoró e para os advogados que já estão no mercado. "Aqui apreendemos e aprimoramos conhecimento", destaca Gabriel Bulhões.

Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário