21 SET 2019 | ATUALIZADO 13:00
MOSSORÓ

Pais de Leo não conseguiram continuar na mesma casa no Bom Jesus

O pai do menino, Lenilson Andrade, disse que ficou inviável continuar na mesma casa, em uma rua sem calçamento, só com um acesso, exatamente onde o menino Leo foi morto a tiros; confira a reportagem.
CEZAR ALVES
16/08/2019 11:50
Atualizado
16/08/2019 11:51
A+   A-  
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

Os pais do menino Leo, residentes no bairro Bom Jesus, zona sul de Mossoró-RN, mudaram de endereço. Não suportaram ter que passar todos os dias no local onde o filho foi assassinado, por engano, numa emboscada, no sábado, dia 10 de agosto.

Veja mais

Menino de 13 anos é morto a tiros no Bom Jesus


Nesta quinta (15), a mãe de Leo, Ana Lúcia Pereira da Silva, teve que ser levada às pressas a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Bairro Belo Horizonte, para receber atendimento médico. Está enfrentando crises nervosas e tendo pesadelos à noite.

Dona Ana Lúcia ouviu os tiros que mataram o filho Leo.

Veja mais

Eu escutei os disparos que mataram meu filho, diz mãe de Leo


Ao lado do marido Lenilson da Silva Andrade, Ana Lúcia disse que vive a angústia de ter perdido um filho que dedicou tanto carinho, cuidados, para criá-lo. "Criamos ele com muito cuidado. Nem celular ele tinha, para não ter amizades erradas", diz Ana Lúcia.

Confira reportagem:



No Bom Jesus, os moradores também atestam que o garoto era muito querido. Inclusive, estão preparando um movimento pedindo paz, que será realizado no próximo domingo, 18, na entrada do bairro. Familiares e amigos vão se vestir de branco pedindo paz.

Veja mais

Familiares e amigos de Leo preparam movimento pedindo paz no Bom Jesus


Sobre a mudança de endereço, Lenilson Andrade disse que ficou inviável continuar na mesma casa. Já levou as coisas para outra residência.

Segundo ele, a casa que morava era numa rua sem calçamento, só com um acesso, exatamente o local onde o menino Leo foi morto a tiros.

O acesso à rua que o casal morava é por uma estrada carroçável, com lixo e mato dos dois lados e sem qualquer iluminação pública, o que seria um dos motivos que levaram os assassinos a matar Leo por engano, na noite de sábado passado.


Notas

Unicursos 2019

Publicidades

Unicursos em Mossoró MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário