15 NOV 2019 | ATUALIZADO 18:06
POLÍCIA

Caçadores encontram corpo em decomposição perto de Passagem de Pedras

Policiais desconfiam que seja o corpo do motorista Alex Moura, que foi raptado de casa durante a madrugada do dia 15 passado no Conjunto Maria Odete Rosado
20/10/2019 08:40
Atualizado
20/10/2019 12:59
A+   A-  
Imagem 1 -  Alex Moura está sendo procurado pelos familiares desde terça-feira (15) passado
Alex Moura está sendo procurado pelos familiares desde terça-feira (15) passado

O motorista Alex Moura de Oliveira, de 30 anos, teve sua casa invadida durante a madrugada no Conjunto Maria Odete Rosado e foi raptado, junto com seu veículo pelos bandidos, no dia 15 de outubro passado.

Na ocasião, os bandidos obrigaram o filho e a mulher da vítima e ficarem no quarto. Juntaram tudo que podiam levar no carro da vítima, um HB20 branco, e fugiram. 

O HB20 branco de Alex Moura foi encontrado dois dias depois na região da localidade de Passagem de Pedra carbonizado. O carro foi removido para investigações.

Na manhã deste domingo (20), a Polícia Militar foi acionada por caçadores, também na região de Passagem de Pedra, para averiguar um possível corpo em decomposição, já em estado avançado de decomposição.

Agentes da Polícia Civil e peritos do ITEP estão sendo acionados ao local, para iniciar as investigações e remover os restos mortais para exames. Acreditam que o corpo seja do motorista de aplicativo Alex Moura.

Os restos mortais serão enviados para identificação oficial (via DNA) no ITEP, em Natal, e na hipótese de ser confirmado que se trata do corpo de Alex Moura, o caso passa a ser investigado pela Divisão de Homicídios de Mossoró.

Até então estava sendo investigado pelos agentes da DEFUR, onde foi registrado do Boletim de Ocorrência.

Notas

Compra Notebook

Publicidades

Eleições 2020 MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário