15 NOV 2019 | ATUALIZADO 18:06
POLÍCIA

Corpo encontrado por caçadores é do motorista de Uber que havia sido raptado

Alex Moura foi raptado de casa no dia 15 e seu corpo foi encontrado em estado de decomposição na manhã deste domingo, 20, na região da comunidade de Passagem de Pedras
21/10/2019 08:49
Atualizado
21/10/2019 09:16
A+   A-  
Imagem 1 -

O corpo encontrado por caçadores na manhã deste domingo (20) na região de Passagem de Pedras é do motorista Alex Moura de Oliveira, de 30 anos, que havia sido raptado por quatro homens durante a madrugada do dia 15 de outubro passado no Conjunto Maria Odete Rosado, zona leste da cidade de Mossoró-RN.

Na ocasião do rapto, os bandidos obrigaram o filho e a mulher da vítima e ficarem no quarto. Juntaram tudo que podiam levar da casa e botaram no carro da vítima, um HB20 branco, e fugiram, levando-o. O veículo foi encontrado carbonizado dois dias depois na região da localidade de Passagem de Pedra carbonizado. O carro foi removido para investigações. 

Na manhã deste domingo (20), a Polícia Militar foi acionada por caçadores, também na região de Passagem de Pedra, para averiguar um possível corpo já em estado avançado de decomposição. O corpo foi removido para exames na sede do ITEP e também para identificação oficial, o que terminou acontecendo ainda na tarde de domingo. 

O site O Câmera informou que a técnica papiloscopia Rosilene Monteiro fez a identificação oficial através da comparação das digitais do Registro Geral com as digitais extraídas do corpo encontrado. Neste caso, para capturar as digitais, foi preciso reidratar a pele dos dedos e fotografar as marcas das digitais, para, em seguida, fazer a comparação.

O caso foi registrado em Boletim de Ocorrência na Delegacia Especializada em Furtos e Roubos

Notas

Compra Notebook

Publicidades

Eleições 2020 MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário