09 DEZ 2019 | ATUALIZADO 18:16
NACIONAL

Furnas destina recursos aos Fundos de Defesa da Infância e Adolescência

A empresa abriu inscrições para Conselhos municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente inscreverem projetos voltados a mudar a realidade de crianças e adolescentes entre 0 e 14 anos que vivem em situação de extrema pobreza. Inscrições seguem até 18 de novembro.
13/11/2019 15:36
Atualizado
13/11/2019 15:36
A+   A-  
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

Levantamento da Fundação Abrinq com base em dados recentes do IBGE mostra que 22,6% das crianças e adolescentes entre 0 e 14 anos vivem em situação de extrema pobreza.

Para ajudar a mudar essa realidade, FURNAS abre inscrições para destinar recursos aos Fundos de Defesa da Infância e Adolescência 2019.

Os Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente de todo país têm até 18 de novembro para cadastrar as propostas que apoiem ações, serviços, programas ou projetos que contribuam para o fortalecimento dos direitos das crianças e dos adolescentes.

INSCREVA-SE AQUI

“Ao longo das seis décadas de sua trajetória, FURNAS vem apoiando programas e projetos sociais voltados a crianças e adolescentes, a fim de contribuir para a inclusão social e a promoção da cidadania nas regiões onde atua. A empresa acredita que o envolvimento de toda a sociedade é fundamental um futuro mais justo e inclusivo para as nossas crianças e jovens”, ressaltou Cláudia Tenório, assistente social de FURNAS.

Estão previstas duas modalidades no edital: a primeira contempla propostas dos Conselhos que apresentem um Plano de Trabalho com repasse de recursos às Organizações Sociais locais.

Já a segunda é voltada para investimentos na estruturação dos Conselhos. É necessário que ambas as modalidades elaborem Plano de Monitoramento e Avaliação.

A execução das atividades selecionadas será acompanhada no período de um ano. Em caso de dúvidas, FURNAS disponibiliza o e-mail: grsp@furnas.com.br ou o telefone (21) 2528-2593.


Notas

Ambiental do Brasil

Publicidades

Bolsas 100% MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário