09 DEZ 2019 | ATUALIZADO 18:16
POLÍCIA

Sargento da PM suspeito de matar ex-mulher é preso em Natal

Dayana Deyse Oliveira de Lima, de 29 anos, já tinha uma medida protetiva contra Luiz Galdino da Silva, de 59 anos, desde março deste ano, por receber ameaças do ex-companheiro, que não aceitava o fim do relacionamento. A jovem foi morta na segunda-feira, 11.
13/11/2019 16:04
Atualizado
13/11/2019 18:55
A+   A-  
Imagem 1 -  Dayana Deyse, que é técnica de enfermagem e trabalhava no  SAMU, foi morta a tiros na calçada da casa da mãe dela, nesta terça-feira, dia 12
Dayana Deyse, que é técnica de enfermagem e trabalhava no SAMU, foi morta a tiros na calçada da casa da mãe dela, nesta terça-feira, dia 12
FOTO: REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS

Na tarde desta quinta-feira (13) o Policial Militar Luiz Galdino da Silva, de 59 anos, suspeito de matar a ex-mulher, Dayana Deyse Oliveira de Lima, de 29 anos, se apresentou à polícia civil, na Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), em Natal.

Dayanna era técnica de enfermagem do SAMU e foi morta na noite de segunda-feira (11), atingida por disparos de arma de fogo, em frente à residência da mãe, no conjunto Parque das Dunas, Zona Norte da capital.

Na ocasião, testemunhas relataram que um homem chegou em um Fiat Siena, chamou pelo nome da vítima e depois efetuou vários disparos contra ela.

Os familiares de Dayana contaram que a jovem recebia ameaças dos ex-companheiro que não aceitava o fim do relacionamento. Por isso, ela havia entrado com pedido de medida protetiva com ele, que passou a valer em março deste ano.

Dayana Deyse Oliveira de Lima e Luiz Galdino da Silva tinham dois filhos pequenos. Um deles ainda chegou a ver a mãe sem vida na calçada.

Ao se apresentar na Policia Civil, já havia uma determinação judicial para prendê-lo.Após interrogado, o sargento PM foi conduzido ao Batalhão da Policia Militar, para aguardar decisão posterior da Justiça.

Notas

Ambiental do Brasil

Publicidades

Bolsas 100% MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário