09 DEZ 2019 | ATUALIZADO 18:16
POLÍCIA

Dois tentam matar mecânico e terminam baleados em Mossoró

Antes de serem baleados, os dois atiradores conseguiram acertar dois tiros no mecâncio; os três estão hospitalizados escoltados pela PM no Hospital Regional Tarcísio Maia
13/11/2019 20:00
Atualizado
13/11/2019 20:12
A+   A-  
Imagem 1 -  Dois tentam matar mecânico e terminam também baleados no Bairro Abolição IV, em Mossoró. Os três foram levados para o Hospital Regional Tarcísio Maia
Dois tentam matar mecânico e terminam também baleados no Bairro Abolição IV, em Mossoró. Os três foram levados para o Hospital Regional Tarcísio Maia

Dois jovens tentaram matar o mecânico  Leandro Mateus Lima de Sousa na Avenida Petrônio Portela, no Abolição IV, na tarde desta quarta-feira, dia 13. 

No local havia um cidadão armado, que reagiu, baleando também os dois atiradores, que foram socorridos para o Hospital Regional Tarcísio Maia.

São eles: 

André Victor Bezerra

Aleff Mahamed da Silva

A direção do Hospital Regional Tarcisio Maia pediu reforço da Polícia para acompanhar o trabalho dos profissionais de saúde aos baleados.

O mecânico Leandro Mateus sofreu tiros no tórax e no abdômem. Seu quadro de saúde é grave. Os atiradores foram baleados nas pernas e nas costas.

Os dois, após procedimentos médicos no HRTM, devem ser conduzidos pela Policia Militar para serem autuados em flagrante por tentativa de homicídio na Delegacia de Plantão.

Nas últimas 24 horas, a Policia Militar registrou 5 ataques a tiros, que deixaram 3 mortos e 4 baleados. O primeiro ataque aconteceu no Grande Alto São Manoel. 

A vítima estava se dirigindo do Centro da cidade para sua residência, quando foi abordado por assaltantes. Tentou fugir e foi baleado nas costas. Foi socorrido para o Hospital Regional Tarcísio Maia.

O segundo ataque foi contra a  Policia Militar, no bairro Belo Horizonte. Luis Eduardo Dias de Sousa e três comparsas, se deslocando num Uno Mille Vivace, tomado de assalto há poucos dias, receberam os policiais a tiros, nas imediações da Rua João Damásio. Os policiais revidaram e Luis Eduardo morreu.

Com Luis Eduardo, os policiais apreenderam um revolver calibre 38 com 4 munições deflagradas. Dentro do Uno Mille, os policiais encontraram manchas de sangue no porta malas e também no banco de passageiros. A suspeita é que este carro tenha sido usado para assassinato e desova do corpo.

O terceiro ataque aconteceu durante a madrugada, no bairro Paredões. Os moradores narraram aos policiais terem ouvido mais de 50 tiros. A vítima Francisco Emerson Gabriel ainda foi socorrido, mas morreu antes de chegar ao Hospital Regional Tarcísio Maia.

A quarta ocorrência aconteceu nas margens da BR 405, perto da comunidade de Jucuri. Um trabalhador de uma prestadora de serviços da Petrobras encontrou um corpo carbonizado. Os policiais não descartam a possibilidade deste caso ter relação com os suspeitos localizados pela PM no Uno Vivace. 

O quinto ataque foi dos dois contra o mecânico no Abolição IV. Os três saíram baleados e estão sendo escoltados pela Policia Militar.

Notas

Ambiental do Brasil

Publicidades

Bolsas 100% MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário