09 DEZ 2019 | ATUALIZADO 18:16
POLÍTICA

Mossoroense João Gentil é aposta da Rede para se fortalecer no RN

Na prática, “o partido passa a existir no Rio Grande do Norte e isto graças ao companheiro João Gentil”, destaca o secretário nacional da Rede Wesley Diógenes.
14/11/2019 07:40
Atualizado
14/11/2019 08:03
A+   A-  
Imagem 1 -  Na prática, “o partido passa a existir no Rio Grande do Norte e isto graças ao companheiro João Gentil”, destaca o secretário nacional da Rede Wesley Diógenes.
Na prática, “o partido passa a existir no Rio Grande do Norte e isto graças ao companheiro João Gentil”, destaca o secretário nacional da Rede Wesley Diógenes.

O secretário nacional de organização da Rede Sustentabilidade, o cearense Wesley Diógenes destacou o trabalho do vereador João Gentil, de Mossoró, no fortalecimento do partido no Rio Grande do Norte. Disse que a meta do partido de Marina Silva, já  para 2020, é eleger dois vereadores em Mossoró, Natal e Parnamirim.

Segundo Wesley Diógenes, a Rede Sustentabilidade no RN era um partido inexpressivo e com a chegada de João Gentil , aconteceu uma guinada de 360 graus. O partido está se fortalecendo a cada dia para as eleição de 2020, observando no horizonte das eleições de 2022.

“Nós saímos de um patamar que nós não tínhamos absolutamente nada, era um partido inexpressivo, que não tinha força social e a gente passou a existir no Estado, importante e fundamental como o Rio Grande do Norte”, reconhece Wesley Diógenes.

O partido trabalha com a perspectiva de eleger dois vereadores em Mossoró, Natal e Parnamirim, além de chegar com força também em várias cidades menores do RN como Baraúna e Assu.

Na prática, “o partido passa a existir no Rio Grande do Norte e isto graças ao companheiro João Gentil”, destaca o secretário nacional da Rede Wesley Diógenes.

Wesley Diógenes, que é natural do Vale do Jaguaribe (CE) e esteve em Mossoró esta semana, ressalta que o trabalho que está sendo realizado por João Gentil e Lucy Diniz no RN faz parte de um projeto maior, nacional da Rede Sustentabilidade, visando as eleições de 2022. Trabalham para eleger um deputado federal no RN.

O vereador João Gentil explica melhor como recebeu esta missão e como trabalha o fortalecimento da Rede no Rio Grande do Norte. “Primeiro vamos fortalecer as nominadas. Vamos fortalecer aqui em Mossoró para ter pelo menos dois vereadores”, destaca.

João Gentil diz que formado o grupo de 32 nomes pré-dispostos a concorrer a uma cadeira na Câmara de Mossoró, será feito uma reunião para avaliar a possibilidade de ter um nome para concorrer na majoritária. Havendo um bom nome, Gentil destaca que a possibilidade de o partido ter candidato a prefeito no próximo ano.

Em Natal, João Gentil disse que já está com um grupo forte e chegando mais gente boa, com boas chances de eleger não só dois vereadores, mas três nas próximas eleições. Junto com a porta voz da Rede no RN, Lucy Diniz, o vereador mossoroense afirmou que está visitando os municípios levando a mensagem das lideranças nacionais do partido.

As lideranças nacional do Rede Sustentabilidade é Lúcia Helena, Marina Silva e os senadores Randolfo Rodrigues, Fabiano Cantarato e Flávio Arns, com mandatos destaque no Congresso Nacional. “Vamos disseminar a mensagem da Rede de Sustentabilidade no RN”, diz João Gentil. 

Confira entrevista ao MOSSORÓ HOJE.

O secretário nacional de organização da Rede Sustentabilidade se mostra muito preocupado com as eleições municipais de 2020 e também de 2022. “Nosso objetivo central hoje é fazer vereadores nas 60 principais cidades do Brasil. Para isto nós vamos fazer uma chapa competitiva em todas estas cidades. Algumas destas cidades, vamos ter alianças com partidos que tenham a mesma linha ideológica”, explica.

Para Wesley Diógenes, o trabalho de fortalecimento que agora realiza pelo Nordeste, através de nomes como de João Gentil, já foi realizado na região Sudeste, o qual ele considera que o partido já está forte, com possibilidades reais de fazer dois vereadores em São Paulo (SP), fazer 4 vereadores em Belo Horizonte (MG) e eleger inclusive o prefeito de Vitória (BA). É meta também construir chapa forte no Rio de Janeiro (RJ) e em outras grandes cidades desta região.

No Nordeste, o dirigente destacou o crescimento da Rede Sustentabilidade nos estados do Ceará, Bahia e Paraíba e o salto de qualidade no Rio Grande do Norte. O projeto geral é eleger

" trabalhamos para fortalecer as bancadas de vereadores nestas 60 cidades, eleger prefeitos e em 2022 chegar forte para fazer pelo menos 15 deputados federais", diz.

A Rede Sustentabilidade vê a disputa acirrada entre PT e PSL com preocupação. Segundo ele, isto é ruim para a democracia, logo, é muito ruim para o Brasil.

“Infelizmente temos esta briga entre PSL e PT e esta polarização infelizmente só beneficia eles. Agora com a soltura do Lula, se complica este quadro no Brasil”, explica Wesley Diógenes acrescentando que o objetivo central de “nosso partido, que defende a democracia, defende os valores da sustentabilidade, é criar uma frente ampla que a gente possa superar esta dicotomia esquerda/direita e possa oferecer um projeto real de pais” ao povo brasileiro.

Notas

Ambiental do Brasil

Publicidades

Bolsas 100% MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário