15 DEZ 2019 | ATUALIZADO 18:45
ESPORTE

Flamengo vira no final e vence a Libertadores; Festa na Presidente Dutra

Equipe argentina abriu o placar aos 14 minutos do primeiro tempo e segurou o placar até os 43 do segundo etapa, quando Arrascaeta passou a bola para Gabigol empatar. 3 minutos depois, o mesmo Gabigol fez o gol da virada e do título
23/11/2019 20:39
Atualizado
24/11/2019 11:04
A+   A-  
Imagem 1 -  Flamengo levanta o título da Libertadores da América 38 anos depois. O bi campeonato veio cima do River Plate, no Estádio Monumental de Lima, no Perú.
Flamengo levanta o título da Libertadores da América 38 anos depois. O bi campeonato veio cima do River Plate, no Estádio Monumental de Lima, no Perú.
Reprodução

O Flamengo voltou ao topo das américas 38 anos após o primeiro título. O jogo foi em Lima, no Perú, contra o forte River Plate, da Argentina, que abriu o placar aos 14 minutos do primeiro tempo, com Nacho, e segurou o resultado até os 43 do segundo tempo, quando o atacante Gabigol empatou e, na prorrogação,  marcou o gol da virada. Festa da nação rubro-negra no Brasil.

O Flamengo tentou começar o jogo indo pra cima do River Plate, mas que rapidamente se organizou em campo e passou a realizar jogadas perigosas contra a defesa do Flamengo. Aos 14 minutos, Nacho aproveitou um descuido da zaga do time brasileiro e abriu o placar.

No Brasil, a festa parecia que seria na Argentina. Os bares lotados, mas os torcedores quietos. Tomando cerveja, conversando e alguns degustando churrasco. 


A equipe Argentina conseguiu segurar o placar no primeiro tempo e depois dos 40 minutos do segundo tempo, o River Plate perdeu fôlego dentro de campo e os brasileiros comandados pelo técnico português Jorge Fernando Pinheiro de Jesus, avançaram.

Em jogada rápida pela esquerda, Bruno Henrique passa a bola para Arrascaeta, que cruzou rasteiro para o meio da área e Gabigol empatou. 3 minutos depois, já aos 46 do segundo tempo, a bola é lançada no ataque do River, Gabriel tomou a bola e bateu forte de esquerda no gol.

O craque Palácios, do River, perde a cabeça e dá uma joelhada em Bruno Henrique. Foi expulso. Logo em seguida, o árbitro Roberto Tobar interpretou que Gabigol faz atos obscenos para os torcedores do time adversário e o expulsou de campo.

Não havia mais tempo para o time argentino empatar e virá o jogo. Roberto Tobar levanta o brasil e decreta: Flamengo campeão da Libertadores da América 38 anos depois. Festa no Estádio Monumental de Lima, no Peru, festa nas ruas das principais cidades do Brasil.

Em Mossoró, durante o jogo, as principais ruas da cidade ficaram vazias. Bares e lanchonetes, com telões, ficaram lotados. Em várias capitais brasileiras, os estádios locais foram abertos para torcedores assistirem o jogo em telões. Voltando a Mossoró, o título será comemorado com arrastão dos torcedores descendo a Avenida Presidente Dutra.


Notas

Compra Notebook

Publicidades

Bolsas 100% MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário