27 SET 2020 | ATUALIZADO 23:02
ESTADO
CEZAR ALVES
24/01/2020 10:46
Atualizado
24/01/2020 10:47

Prates vê potencial nos municípios que pode fazer o RN voltar a crescer

A+   A-  
O senador Jean Paul Prates enfrenta uma maratona passando por todas as regiões do RN, conhecendo o povo, conversando com gestores e empresários, debatendo potencialidades e encaminhando soluções
Imagem 1 -
FOTO: CEZAR ALVES

O senador Jean Paul Prates, do PT, está aproveitando este período de recesso parlamentar, em Brasília, para conhecer melhor e debater com autoridades locais, o potencial econômico de cada município/região do Rio Grande do Norte.

Veja mais

Os alpendres do Senador Prates no RN durante o recesso em Brasília


Na região da Costa Branca, quarta-feira, dia 22, o senador Jean Paul, que tem formação em Economia e Advocacia, com especialização nos EUA e França, comentou com o PORTAL MOSSORÓ HOJE sobre as conversas de alpendres e a céu aberto no interior do RN.

Veja mais


Nas primeiras semanas, Prates já esteve em mais de 20 municípios de várias regiões. Neste final de semana, está agendado visita as cidades de Apodi e Baraúna. Estes dois municípios têm enorme potencial na área de fruticultura e agricultura familiar.

Na Costa Branca, Prates, acompanhado com o deputado estadual Sousa, foi a Porto do Mangue, que tem enorme potencial econômico, em especial na produção de sal e turismo. Foi recebido por vereadores, o prefeito Sael Melo e os empresários do Grupo Maranata.

O prefeito Sael Melo e empresário Davi Alves, presidente do Grupo Maranata, mostraram ao senador a enorme área de produção de sal, mostrando que, ao contrário do imaginário popular, é possível produzir sal em alta escala sem ferir o meio ambiente.

A enorme área atualmente usada na produção de sal era antigamente fazendas de produção de camarão. “Já recuperamos uma área enorme de mangues e estamos trabalhando em parceria com o município para recuperar outras”, destaca Davi Alves.

O grupo Maranata está concluindo a instalação de uma usina gigante de sal em Porto do Mangue e, entre outros investimentos, trabalha para instalar um estaleiro para barcaças, dobrar a área de produção e ampliar a logística de embarque de sal.

“Projetamos gerar pelo menos mais 500 empregos diretos”, informa o empresário Davi Alves ao senador Prates, que também foi cobrado das condições péssimas das rodovias de acesso e uma parceria com o Estado para ofertar capacitação e mão de obra da população da região.

 O secretário de Turismo do Município de Porto do Mangue, Francisco Bezerra, mostrou ao senador o enorme potencial turístico do município, que já foi cenários para novelas de grandes redes de televisão e até da 3ª temporada da série 3% da Netflix.

Diante do cenário que está encontrando nos municípios e o potencial criativo e de empreender dos potiguares, a exemplo do Grupo Maranata, o senador Jean Paul Prates disse que está confiante que é possível sim reverter o quadro crise econômica no RN.

Veja mais



Notas

AME

Outras Notícias

Deixe seu comentário