09 JUL 2020 | ATUALIZADO 12:36
POLÍCIA
Da Assessoria da Polícia Civil
05/06/2020 21:18
Atualizado
05/06/2020 21:50

PM de 52 anos é preso por roubar gasolina da polícia em Natal

A+   A-  
De acordo com investigações, João Medeiros é policial militar e estava desviando combustível destinado ao abastecimento das viaturas oficiais da Polícia Militar para o carro pessoal dele, utilizando autorizações de três unidades veiculares para controle de abastecimento (UVE) há aproximadamente um ano.
Imagem 1 -  De acordo com investigações, João Medeiros é policial militar e estava desviando combustível destinado ao abastecimento das viaturas oficiais da Polícia Militar para o carro pessoal dele, utilizando autorizações de três unidades veiculares para controle de abastecimento (UVE) há aproximadamente um ano.
De acordo com investigações, João Medeiros é policial militar e estava desviando combustível destinado ao abastecimento das viaturas oficiais da Polícia Militar para o carro pessoal dele, utilizando autorizações de três unidades veiculares para controle de abastecimento (UVE) há aproximadamente um ano.

Policiais civis do Departamento de Combate a Corrupção e a Lavagem de Dinheiro (DECCOR-L) cumpriram três mandados de busca e apreensão, nesta sexta-feira (05), contra João Medeiros de Oliveira, 52 anos. Ele foi preso no município de Natal, pela suspeita da prática do crime de peculato. 

De acordo com investigações, João Medeiros é policial militar e estava desviando combustível destinado ao abastecimento das viaturas oficiais da Polícia Militar para o carro pessoal dele, utilizando autorizações de três unidades veiculares para controle de abastecimento (UVE) há aproximadamente um ano.

Foi constatado também que o suspeito transformou o próprio carro em uma viatura para facilitar o procedimento. Durante a realização das diligências, os policiais apreenderam o veículo utilizado por ele e uma autorização de abastecimento das viaturas oficiais da PM. Ao todo, ele desviou aproximadamente 1000 litros de gasolina no mês de maio.

João Medeiros foi encaminhado ao Quartel do Comando Geral da Polícia Militar e permanecerá à disposição da Justiça. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181 ou por meio dos telefones da DECCOR-L 3232-2814 ou 3232-2078. 

Notas

Compra Notebook

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário