03 AGO 2020 | ATUALIZADO 18:30
MOSSORÓ
CEZAR ALVES
18/06/2020 18:11
Atualizado
18/06/2020 18:28

Presidente da Previ diz que dívida da Prefeitura é de R$ 9,7 milhões

A+   A-  
Economista Elviro Rebouças concedeu entrevista nesta quinta-feira (18) ao Jornalista Cezar Alves e disse que conseguiu resgatar no antigo ministério da Previdência Social o valor de R$ 40 milhões deixando o atual patrimônio da Previ em R$ 78 milhões. "É tranquilizadora a situação da Previ Mossoró-RN”.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

Nesta quinta-feira (18) o Jornalista Cezar Alves conversou com o Presidente do Instituto Municipal de Previdência Social dos Servidores de Mossoró (Previ Mossoró), economista Elviro Rebouças, sobre a situação financeira do instituto.

Segundo Elviro, a servidora Marleide Cunha está equivocada quando diz que a dívida da Prefeitura com o Previ é de R$ 140 milhões. Ele afirma que, na verdade, a dívida é de apenas R$ 9,7 milhões.

Explica que os valores referentes aos parcelamentos feitos em 200 e 60 meses não são dívidas, são valores que estão parcelados. O que ele considera como dívida do Executivo, são os valores devidos agora em 2020.

Diz que conseguiu resgatar no antigo ministério da Previdência Social o valor de R$ 40 milhões deixando o atual patrimônio da Previ em R$ 78 milhões. "É tranquilizadora a situação da Previ Mossoró-RN”.

Nesta terça-feira (16), a Câmara Municipal de Mossoró aprovou o Projeto de Lei do Executivo 1235/2020, que suspende a contribuição patronal ao Instituto entre 1º de março e 31 de dezembro de 2020, assim como as parcelas dos parcementos.

A matéria autoriza a gestão de Rosalba Ciarlini a não pagar os vários parcelamentos que ela mesma fez, empurrando a dívida da Previ para a próxima gestão, quando deve ocorrer um novo parcelamento que vai se somar aos que já existem.

Veja mais:

Câmara permite que Rosalba empurre calote a Previ para a próxima gestão

CONFIRA A ENTREVISTA COMPLETA COM ELVIRO



Notas

Convite Missa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário