08 AGO 2020 | ATUALIZADO 20:10
POLÍCIA
11/07/2020 09:51
Atualizado
11/07/2020 17:02

Garoto de 14 anos morre e criminoso de 19 é preso em confronto com a PM em Mossoró

A+   A-  
Membros de uma facção estavam há vários dias em confronto com a facção rival pelo controle da Favela do Fio em Mossoró. Nesta sexta-feira, 11, a PM foi acionada mais uma vez e conseguiu conter os suspeitos; Veja também o caso do garoto que foi morto a facadas em Antônio Martins/RN
Imagem 1 -  Membros de uma facção estavam há vários dias em confronto com a facção rival pelo controle da Favela do Fio em Mossoró. Nesta sexta-feira, 11, a PM foi acionada mais uma vez e conseguiu conter os suspeitos; Veja também o caso do garoto que foi morto a facadas em Antônio Martins/RN
Membros de uma facção estavam há vários dias em confronto com a facção rival pelo controle da Favela do Fio em Mossoró. Nesta sexta-feira, 11, a PM foi acionada mais uma vez e conseguiu conter os suspeitos; Veja também o caso do garoto que foi morto a facadas em Antônio Martins/RN
Reprodução divulgada nas redes sociais

A Polícia acredita ter conseguido conter, ao menos por enquanto, o confronto entre facções na região da Favela do Fio, que fica após o Abolição IV, em Mossoró-RN.

Os ataques dos membros de uma facção aos membros da facção rival que moram no bairro estavam sendo divulgados em vídeo pelas redes sociais, pelos próprios bandidos.

Os policiais foram acionados pelos moradores várias vezes. O quadro é de terror. Na noite desta sexta-feira, 10, ocorreu mais um confronto e desta vez a PM já estava de prontidão.

Um garoto chamado Carlos Eduardo da Silva Araújo, de apenas 14 anos, foi baleado e morreu no confronto. André Victor Bezerra, de 19 anos, foi preso. Estava armado.

Em vídeo divulgado nas redes sociais, os membros das facções aparecem exibindo armas e trocando tiros com membros de gangues rivais, como este da imagem extraída dos vídeos.


Além deste revólver calibre 32, também foi apreendido uma espingarda calibre doze de fabricação caseira e poções de drogas. Os policiais continuam em alerta na região da Favela do Fio.

O corpo do garoto que morreu em função do confronto com a Polícia na Favela do Fio foi removido para exames na sede do Instituto Técnico-científico de Perícia e depois entregue aos seus familiares.

Por uma questão protocolar, o caso será investigado pela Policia Civil.


Outro homicídio

Na cidade de Antônio Martins, no Alto Oeste do Rio Grande do Norte, um adolescente conhecido por Lucas, foi morto a facadas no início da manhã deste sábado, 11.

Neste caso o corpo foi removido para exames na sede do ITEP, em Pau dos Ferros, e deve ser investigado pela policia local junto com os agentes da cidade de Alexandria.


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário