23 SET 2020 | ATUALIZADO 23:58
SAÚDE
08/09/2020 18:50
Atualizado
09/09/2020 10:03

“É extremamente importante que os municípios intensifiquem os testes”

A+   A-  
O secretário estadual de saúde, Cipriano Maia, afirmou que os municípios precisam ampliar a testagem da população para ter maior controle da doença. Nesta terça-feira (8), ele disse que a secretaria firmou contrato com apoiadores para atuarem nos municípios e que foi dada as condições para esse aumento da testagem
Imagem 1 -  “É extremamente importante que os municípios intensifiquem os testes”. O secretário estadual de saúde, Cipriano Maia, afirmou que os municípios precisam ampliar a testagem da população para ter maior controle da doença. Nesta terça-feira (8), ele disse que a secretaria firmou contrato com apoiadores para atuarem nos municípios e que foi dada as condições para esse aumento da testagem.
“É extremamente importante que os municípios intensifiquem os testes”. O secretário estadual de saúde, Cipriano Maia, afirmou que os municípios precisam ampliar a testagem da população para ter maior controle da doença. Nesta terça-feira (8), ele disse que a secretaria firmou contrato com apoiadores para atuarem nos municípios e que foi dada as condições para esse aumento da testagem.
FOTO: ELISA ELSIE

Durante entrevista coletiva para atualizar os dados da Covid-19 no Rio Grande do Norte, realizada nesta terça-feira (8), o secretário estadual de saúde, Cipriano Maia, afirmou que os municípios precisam ampliar a testagem da população.

“É um momento de reforçarmos a vigilância para evitar aglomerações e de os municípios intensificarem as ações para que não venhamos a ter aumento da transmissibilidade da doença”, destacou o secretário.

Cipriano também afirmou que a secretaria firmou contrato com apoiadores para atuarem nos municípios e que foi dada as condições para esse aumento da testagem.

“É extremamente importante que os municípios intensifiquem os testes em casos suspeitos, para que assim consigam também ter maior controle e monitoramento da doença”, disse.

De acordo com os dados emitidos pela (Sesap), os casos confirmados somam 63.879, são 26.811 casos suspeitos e 120.239 descartados. Em relação à ocorrência de óbitos decorrentes da Covid-19, já foram registrados 2.295 (1 nas últimas 24h) e há ainda 237 em investigação.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI na rede pública é de 48%. Estão internadas nas redes privada e pública, entre casos suspeitos e confirmados, 231 pessoas.

Nas regiões do Agreste e Mato Grande todos os leitos para tratamento da Covid-19 estão disponíveis. Na Região Metropolitana de Natal, a ocupação é de 50%, no Potengi/Trairi de 18%, no Oeste é de 45%, no Alto Oeste é 30% e no Seridó, 68%.


Notas

AME

Outras Notícias

Deixe seu comentário