31 OUT 2020 | ATUALIZADO 18:58
SAÚDE
09/10/2020 15:16
Atualizado
09/10/2020 18:54

RN tem 72.450 casos confirmados e 2.416 óbitos provocados pela Covid-19

A+   A-  
Os dados foram atualizados nesta sexta-feira (9) pelo secretário estadual da Saúde, Cipriano Maia; O Estado ainda tem 39.596 casos suspeitos e 154.289 descartados. Há 316 óbitos em investigação. O índice de transmissão da doença está em 1,12 no estado como um todo.
Imagem 1 -
FOTO: DIVULGAÇÃO/SESAP

O secretário estadual da Saúde, Cipriano Maia, apresentou os dados epidemiológicos da covid-19 no Rio Grande do Norte, durante coletiva de imprensa concedida nesta sexta-feira, 09.

O boletim epidemiológico mostra que o estado possui 72.450 casos confirmados, 39.596 casos suspeitos e 154.289 descartados. Quantos aos óbitos, foram registrados 2.416, três a mais em relação ao boletim anterior, sendo um nas últimas 24 horas. Há 316 óbitos em investigação.

O índice que indica o potencial de transmissão da Covid-19, a R(t), está em 1,12 no estado como um todo. As regiões Mato Grande (0,90), Seridó (0,83), Trairi/Potengi (0,99) e Metropolitana (0,97) mantém o índice abaixo de 1 e nas demais regiões a Rt ultrapassou esse número. O Agreste potiguar está com Rt de 1,21, o Oeste com 1,34, o Alto Oeste com 1,27 e o Vale do Açu com 1,35.

O secretário informou que, com esse aumento do índice, o estado tem 66 municípios em zona de perigo, com a transmissibilidade acima de 2, e 70 municípios em zona de risco, com R(t) entre 1,03 e 2.

“Isso nos leva a chamar a atenção da população dessas regiões, dos gestores e agentes da saúde para a necessidade de intensificar as ações de controle”, ressaltou.

Quanto à taxa de ocupação das unidades de saúde, a Região Metropolitana está com 39% dos leitos ocupados, o Oeste com 49%, Alto Oeste com 90%, Mato Grande com 50% e Seridó com 40% de ocupação. Nas unidades de saúde de São Paulo do Potengi e Santo Antônio não há pacientes internados com sintomas da covid-19.

Ele lembrou que a testagem é uma importante medida de controle disponibilizada aos municípios pelo Governo do Estado. “Temos disponibilidade de testes RT-PCR para testar todos os casos suspeitos, e o teste sorológico, ofertado para que tenhamos segurança da situação imunológica da população”.


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário