04 AGO 2020 | ATUALIZADO 18:43
SAÚDE
Da redação
06/10/2015 08:24
Atualizado
13/12/2018 17:24

Oficiais do Corpo de Bombeiros são promovidos à capitães no RN

A+   A-  
Segundo a secretária de segurança, Kalina Leite, a medida foi embasada em uma decisão judicial que considerou legal regularizar o ato de promoção com efeito retroativo a 21 de abril de 2015.
Imagem 1 -  Oficiais do Corpo de Bombeiros são promovidos à capitães no RN
Divulgação / SESED

A Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (SESED) promoveu outros 24 oficiais militares estaduais do Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte. A promoção foi divulgada no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta terça-feira (06).

Segundo a secretária de segurança, Kalina Leite, a medida foi embasada em uma decisão judicial que considerou legal regularizar o ato de promoção com efeito retroativo a 21 de abril de 2015.

"Estamos devolvendo a autoestima dos militares estaduais, com a valorização dos profissionais. No caso dos bombeiros, queríamos que esta promoção tivesse saído no mês de abril, mas em função de um parecer dos órgãos controladores, alegando impedimentos relativos a Lei de Responsabilidade Fiscal, ficamos impedidos de efetivar na época. No entanto, uma recente decisão judicial reconheceu que o ato de promoção destes militares é legítimo e embasado em fundamentos que permitiram ao Governo esta regularização e o reconhecimento do trabalho desenvolvido por estes profissionais", detalhou.

Os 24 oficiais foram promovidos ao posto de Capitão do Quadro de Oficiais Combatentes Bombeiros Militares.

Desde o início do ano, o Governo do Estado promoveu 2.257 militares estaduais, sendo 205 oficiais e 2.052 praças. A Polícia Civil também foi beneficiada com a promoção de 809 policiais civis do Rio Grande do Norte, sendo 74 delegados, 60 escrivães e 675 agentes.

Também foram nomeados 29 novos escrivães e 47 agentes de Polícia Civil e, em breve, nomeará mais 44 delegados e 51 agentes que estão concluindo o curso de formação.

Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário