25 JAN 2021 | ATUALIZADO 17:49
NACIONAL
COM INFORMAÇÕES DO UOL NOTÍCIAS
07/01/2021 18:16
Atualizado
07/01/2021 18:18

Brasil já registra mais de 200 mil mortes provocadas pela Covid-19

A+   A-  
O dado foi divulgado no final da tarde desta quinta-feira (7), pelo consórcio de veículos de imprensa. De ontem para hoje, o país registrou 968 novas mortes provocadas pela covid-19, elevando para 200.011 o total de óbitos desde o começo da pandemia. Também foram confirmados 47.264 novos casos da doença nas últimas 24h, com um total de 7.921.803 infectados desde o início da pandemia. Os dados consolidados do consórcio serão divulgados às 20h.
Imagem 1 -  Brasil já registra mais de 200 mil mortes provocadas pela Covid-19. O dado foi divulgado no final da tarde desta quinta-feira (7), pelo consórcio de veículos de imprensa. De ontem para hoje, o país registrou 968 novas mortes provocadas pela covid-19, elevando para 200.011 o total de óbitos desde o começo da pandemia. Também foram confirmados 47.264 novos casos da doença nas últimas 24h, com um total de 7.921.803 infectados desde o início da pandemia. Os dados consolidados do consórcio serão divulgados às 20h.
Brasil já registra mais de 200 mil mortes provocadas pela Covid-19. O dado foi divulgado no final da tarde desta quinta-feira (7), pelo consórcio de veículos de imprensa. De ontem para hoje, o país registrou 968 novas mortes provocadas pela covid-19, elevando para 200.011 o total de óbitos desde o começo da pandemia. Também foram confirmados 47.264 novos casos da doença nas últimas 24h, com um total de 7.921.803 infectados desde o início da pandemia. Os dados consolidados do consórcio serão divulgados às 20h.
FOTO: REPRODUÇÃO

O Brasil superou hoje a marca das 200 mil mortes provocadas pela covid-19. O levantamento é do consórcio de veículos de imprensa, em boletim extra divulgado às 17h29 desta quinta-feira (7). Nunca uma doença matou tanto no país em um ano.

Até o momento, o país registrou 968 novas mortes provocadas pela covid-19 de ontem para hoje, elevando para 200.011 o total de óbitos desde o começo da pandemia.

Entre ontem e hoje também foram confirmados 47.264 novos casos da doença, com um total de 7.921.803 infectados desde o início da pandemia. Os dados consolidados do consórcio serão divulgados às 20h.

Em 8 de agosto, o país ultrapassou as 100 mil mortes causadas pela doença. O registro do primeiro óbito ocorreu em 16 de março, na cidade de São Paulo: um homem de 62 anos que estava internado no Hospital Sancta Maggiore, da Rede Prevent Sênior, e apresentava comorbidades.

BRASIL É O 2º PAÍS NO TOTAL DE MORTES

De acordo com dados divulgados pela Universidade Johns Hopkins no início desta tarde, o Brasil é o segundo país no mundo no total de mortes por covid-19, atrás apenas dos Estados Unidos (com 362.037). Em total de casos, aparece em terceiro, após EUA e Índia (com 21.354.027 e 10.395.278, respectivamente).

O Brasil ainda não tem qualquer vacina aprovada para uso emergencial, ao contrário de outros países que até já iniciaram a vacinação - como, por exemplo, Estados Unidos, Argentina e as nações pertencentes à União Europeia.

O Brasil teve uma rápida escalada de casos e mortes no início da pandemia, com média móvel de mortes em torno de mil por dia e recorde de óbitos em um intervalo de 24 horas estabelecido em 29 de julho (1.554).

A partir de agosto, os números começaram a cair, o que levou a um afrouxamento de medidas restritivas adotadas pelos estados e municípios. A situação, porém, voltou a piorar nos dois últimos meses - principalmente no período das festas de fim de ano.


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário