27 FEV 2021 | ATUALIZADO 21:06
EDUCAÇÃO
18/01/2021 16:22
Atualizado
18/01/2021 16:37

Enem 2020: candidato ausente por motivo de doença tem até 29 de janeiro para enviar laudo

A+   A-  
A aprovação ou a reprovação da solicitação deverá ser acompanhada na Página do Participante. Os inscritos com a solicitação aprovada farão as provas nos dias 23 e 24 de fevereiro. O primeiro dia de prova do Enem 2020 foi ontem (17). Nesta edição, o índice de abstenção ficou em 51,5%, segundo o Inep, maior percentual de abstenção em toda a história do exame.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

Candidatos inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 que não compareceram ao local de prova no domingo (17), por apresentar doença infectocontagiosa, podem solicitar a reaplicação da prova.

Para tanto, é necessário enviar laudo médico para o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) a fim de comprovar o impedimento por motivo de saúde. O procedimento deve ser feito entre 25 e 29 janeiro.

A aprovação ou a reprovação da solicitação deverá ser acompanhada na Página do Participante. Os inscritos com a solicitação aprovada farão as provas nos dias 23 e 24 de fevereiro.

O primeiro dia de prova do Enem 2020 foi ontem (17). Nesta edição, o índice de abstenção ficou em 51,5%, segundo o Inep, maior percentual de abstenção em toda a história do exame. O maior índice havia sido registrado em 2009, com 37,7%. Em 2019, o índice do primeiro dia ficou próximo a 23%.

De acordo com o Inep, o órgão já recebeu os primeiros pedidos e comprovantes da condição entre 11 e 16 de janeiro, mas o sistema foi fechado para que os pedidos fossem avaliados e os participantes recebessem a resposta antes da aplicação.

Além da Covid-19, podem solicitar a reaplicação participantes com coqueluche, difteria, doença invasiva por Haemophilus influenza, doença meningocócica e outras meningites, varíola, Influenza humana A e B, poliomielite por poliovírus selvagem, sarampo, rubéola, varicela.

Solicitação

A solicitação de reaplicação do exame deverá ser feita mediante comprovação de informações na Página do Participante. Segundo o Inep, o candidato deverá inserir, obrigatoriamente, no momento da solicitação, documento legível que comprove a doença.

Na documentação devem constar o nome completo do participante, o diagnóstico com a descrição da condição, o código correspondente à Classificação Internacional de Doença (CID 10), além da assinatura e da identificação do profissional competente, com o respectivo registro do Conselho Regional de Medicina (CRM), do Ministério da Saúde (RMS) ou de órgão competente, assim como a data do atendimento. O documento deve ser anexado em formato PDF, PNG ou JPG, no tamanho máximo de 2 MB.


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário