18 JUL 2024 | ATUALIZADO 11:46
SAÚDE
Da redação / Com informações Blog Subtenente Andrade
16/10/2015 06:08
Atualizado
13/12/2018 13:16

Posso chorar? diz suspeito de matar primo com cabo de enxada no Alto Oeste

A+   A-  
Crime acontenceu na tarde desta quinta (15) na cidade de Paraná, município do Alto Oeste potiguar. O acusado do crime foi preso pela Polícia ainda ontem.
Imagem 1 -   Posso chorar?  diz suspeito de matar primo com cabo de enxada no Alto Oeste
Cedida/Blog Subtenente Andrande

O aposentado Antônio Erismar de Oliveira, de 62 anos, foi preso logo após matar seu primo Francisco Déo Andrande, de 56 anos, a pauladas na tarde desta quinta-feira (15) em Paraná, município situado na região do alto oeste potiguar. Fato acontecido na Rua da Paraíba.

De acordo com informações da Polícia Militar, a vítima estava sentada na calçada de sua residência quando seu primo teria chegado de surpresa e efetuado uma paulada na cabeça da vítima.

Segundo informações, após a paulada, o suspeito se escondeu em sua casa situada ao lado da casa da vítima.

A vítima, chegou a ser socorrida para o Hospital Regional de Pau dos Ferros, mas não resistiu o morreu.

De acordo com o Subtenente Andrade, comandante do policiamento local, ele disse que logo após a polícia ser acionada e com apoio da policia militar de Major Sales e Luis Gomes conseguiu prender o acusado ainda com o instrumento utilizado no crime, um pedaço de pau de cabo de enxada.

Ainda de acordo com a policia o acusado só veio tomar conhecimento que havia matado seu primo pelos policiais quando se encontrava na Delegacia de Polícia, ao ser informado ele disse ao policial “Posso chorar?", e começou a chorar. Ele disse que tinha sido ameaçado pela vítima.        

De acordo com o delegado da Delegacia de Pau dos Ferros, Inácio Rodrigues, havia uma rixa antiga entre a vítima e o acusado, e após uma bebedeira, eles se desentenderam e houve a agressão.

O acusado foi conduzido à Delegacia Regional de Policia Civil de Pau dos Ferros e autuado em flagrante por crime de homicídio e se encontra preso no Centro de Detenção Provisória a disposição da justiça.

Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário