19 OUT 2021 | ATUALIZADO 18:25
POLÍTICA
11/09/2021 21:56
Atualizado
11/09/2021 22:04

"O presidente mente e protege os mentirosos", diz senador Jean Paul Prates

A+   A-  
Prates (foto à dir.), que é líder da minoria no Senado, disse que espera que o presidente da casa Rodrigo Pacheco devolva a Medida Provisória editada por Bolsonaro (foto à esq.) um dia antes do movimento com pautas golpistas no dia 7 de setembro, que impede que as redes sociais retirem do ar noticias falsas ou excluam contas que promovem fake news
Imagem 1 -  Prates (foto à dir.), que é líder da minoria no Senado, disse que espera que o presidente da casa Rodrigo Pacheco devolva a Medida Provisória editada por Bolsonaro (foto à esq.) um dia antes do movimento com pautas golpistas no dia 7 de setembro, que impede que as redes sociais retirem do ar noticias falsas ou excluam contas que promovem fake news
Prates (foto à dir.), que é líder da minoria no Senado, disse que espera que o presidente da casa Rodrigo Pacheco devolva a Medida Provisória editada por Bolsonaro (foto à esq.) um dia antes do movimento com pautas golpistas no dia 7 de setembro, que impede que as redes sociais retirem do ar noticias falsas ou excluam contas que promovem fake news

Os líderes partidários e a presidência nacional da OAB pediram que o presidente do Senado devolva a MP 1068/21, apelidada de MP das “Fake News”, que proíbe que as redes sociais retirem publicações ou excluam contas que promovam notícias falsas.

A medida foi publicada pelo presidente Jair Messias Bolsonaro um dia antes das manifestações com pautas golpistas (o que é considerado crime) no dia 7 de setembro em Brasília para proteger os apoiadores do governo que espalham notícias falsas.

Segundo líder da minoria no Senador, o senador Jean Paul Prates, o presidente Bolsonaro mente e protege os mentirosos. “A MP altera as regras do Marco Civil da Internet, discutido durante anos no Congresso. E mais: não segue os pressupostos de urgência e relevância previstos em lei”, explica o senador Jean Paul Prates.

O senador acrescenta: “Esperamos que o Presidente Rodrigo Pacheco devolva essa MP, como pediram líderes partidários e a OAB. Ela é uma afronta à verdade e à transparência!” destaca o senador em suas redes sociais enquanto realiza viagem de trabalho a região do Trairi.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário