30 NOV 2021 | ATUALIZADO 17:11
POLÍTICA
Cezar Alves
29/09/2021 00:11
Atualizado
29/09/2021 08:28

Governadora e prefeito afinam discurso em prol da população de Mossoró

A+   A-  
A governadora informou que o HRTM vai passar por uma grande reforma, que vai construir uma escola técnica no Santo Antônio e o prefeito Allyson, através dos secretários de saúde e segurança, pediu mais atenção na saúde e reforço na segurança. A governadora e o prefeito concordaram em trabalhar juntos sem observar cor partidária.
Imagem 1 -  A governadora informou que o HRTM vai passar por uma grande reforma, que vai construir uma escola técnica no Santo Antônio e o prefeito Allyson, através dos secretários de saúde e segurança, pediram mais atenção na saúde e reforço na segurança. A governadora e o prefeito concordaram em trabalhar junto sem observar cor partidária.
A governadora informou que o HRTM vai passar por uma grande reforma, que vai construir uma escola técnica no Santo Antônio e o prefeito Allyson, através dos secretários de saúde e segurança, pediram mais atenção na saúde e reforço na segurança. A governadora e o prefeito concordaram em trabalhar junto sem observar cor partidária.
FOTOS: Raiane Miranda/Assecom-RN

Após instalar o governo em Mossoró, a governadora Fátima Bezerra fez uma visita ao prefeito Allyson Bezerra, que não pode recebê-la no Palácio da Resistência, pois está em reforma.

O encontro foi no Prédio da Secretaria de Finanças e Tributação do município, que no passado funcionou como sede do governo municipal de Mossoró.

Na reunião, da qual participaram secretários de Estado e do município, além das deputadas Isolda Dantas e Natalia Bonavides, a governadora Fátima Bezerra abriu as falas.

A governadora falou sobre os investimentos que serão realizados no Hospital Regional Tarcísio Maia e que está retomando as cirurgias eletivas nos próximos dias.

Disse que as cirurgias serão feitas no HRTM, em Apodi e em Assú. A governadora reafirmou a disposição do governo do Estado em ampliar as parcerias com a Prefeitura de Mossoró.

Lembrou que assumiu o governo com um rombo bilionário nas contas do Estado, além de quatro folhas de pagamento dos servidores em atraso.

Alegou que em 2020, um ano após assumir, veio a pandemia do novo coronavírus, obrigando o Governo, naquele momento, a adotar uma série de medidas para proteger a população.

"Reafirmamos a ele o nosso compromisso de construir um Instituto Estadual de Educação Profissional, Tecnologia e Inovação (IERN) em Mossoró”, disse a governadora.

O prefeito Allyson Bezerra disse que também assumiu a Prefeitura em pedaços. Falou que havia um rombo de quase R$ 1 bilhão e que até hoje está aparecendo dívidas.

Lamentou não ter recebido ajuda de custos extras para a questão da covid19, o que o Governo do estado também não recebeu no ano de 2021. Chegaram recursos apenas em 2020.

A secretária Morgana Dantas, da Saúde de Mossoró, enfatizou uma série de medidas que aparentam ser simples, mas que, na prática, geram um grande benefício a população.

Observou que o município precisa receber os recursos da Farmácia Básica e negociar a questão da dívida junto aos hospitais privados e filantrópicos em Mossoró.

Já o secretário de Segurança da Prefeitura de Mossoró, Cledinilson Morais, pediu apoio do Governo do Estado para reforçar o patrulhamento ostensivo na cidade.

Observou que tem poucas viaturas e poucos policiais para fazer o trabalho de patrulhamento no lado leste e no lado oeste da cidade de Mossoró.

Estruturalmente, o II Batalhão de Polícia Militar precisa ser reconstruído, enquanto o 12º BPM, do grande Alto São Manoel, ainda não existe. Funciona em um prédio alugado.

Cledinilson pediu a governadora Fátima Bezerra para fazer um trabalho integrado de combate ao crime em Mossoró entre Polícia Militar, Guarda Municipal e Polícia Civil.

Fátima Bezerra ressaltou que a PM não fazia concurso há 15 anos, que a Polícia Civil passou por mais de 10 anos sem fazer. Disse que já fez concurso e vai fazer mais.

A governadora destacou que realmente a única maneira de enfrentar o crime é integrando as forças de segurança. Lembrou que no Estado já tem esta parceria com a PF e a PRF.

Destacou que vai conversar com o secretário de Segurança, o coronel PM Araújo Silva, para que seja elaborado projetos no sentido de também integrar o Ciosp em Mossoró.

A governadora parabenizou a Prefeitura pelo eficiente trabalho de cobertura vacinal da população contra a covid-19. "É muito importante celebrar: o Rio Grande do Norte está chegando nos 50% com segunda dose [totalmente imunizadas], vacinando a partir de 12 anos e já chegando na dose de reforço. A parceria com Mossoró e demais municípios têm sido fundamental", destacou.

Secretária municipal de Saúde, Morgana Dantas enalteceu a logística de distribuição das vacinas montada pelo Governo do Estado para que os imunizantes chegassem aos municípios com a maior brevidade possível.

Ao final do encontro, o prefeito Allyson Bezerra destacou que a governadora Fátima Bezerra anunciou importantes investimentos para Mossoró e demonstrou interesse de ampliar as parcerias com a Prefeitura para melhorar os serviços de saúde e de segurança.

Segundo ele, o político que vier a Mossoró tem que apresentar trabalho, trazer recursos, anunciar recursos e não vir só fazer discurso.

Acompanharam a governadora os secretários Fernando Mineiro (Segri) e Júlia Arruda (Semjidh); Socorro Batista (GAC), Lyane Ramalho (Sesap); Sílvio Torquato (Sedec); deputada federal Natália Bonavides, deputada estadual Isolda Dantas, vereadora Marleide Cunha e Manoel Marques (DER). Com o prefeito Allyson Bezerra, se encontravam vários secretários municipais, sendo os destaques para Finanças, Tributação, Segurança e Saúde.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário