18 JAN 2022 | ATUALIZADO 07:22
EDUCAÇÃO
DA ASSESSORIA DA UFERSA
10/11/2021 21:04
Atualizado
10/11/2021 21:25

Marco histórico: Thallys Moreira é o primeiro aluno da UFERSA a receber o CRM

A+   A-  
“Uma conquista de toda a universidade por haver um desencontro de informações uma vez que o nosso curso se encontra em processo de reconhecimento”, afirmou Thallys Moreira, que recebeu o documento do CRM ao lado da reitora Ludimila Oliveira.
Imagem 1 -  “Uma conquista de toda a universidade por haver um desencontro de informações uma vez que o nosso curso se encontra em processo de reconhecimento”, afirmou Thallys Moreira, que recebeu o documento do CRM ao lado da reitora Ludimila Oliveira.
“Uma conquista de toda a universidade por haver um desencontro de informações uma vez que o nosso curso se encontra em processo de reconhecimento”, afirmou Thallys Moreira, que recebeu o documento do CRM ao lado da reitora Ludimila Oliveira.
Ascom/UFERSA

O Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte expediu nesta segunda-feira, 9, o primeiro CRM para recém-formado pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido.

O pioneiro a conquistar o documento foi o médico José Thallys Moreira, com o CRM/RN de número: 11.448. A Ufersa diplomou, seguida, outros três profissionais médicos.

“Uma conquista de toda a universidade por haver um desencontro de informações uma vez que o nosso curso se encontra em processo de reconhecimento”, afirmou Thallys Moreira.

A liberação do CRM aconteceu após a gestão apresentar toda a documentação comprobatória do processo em andamento. “Em menos de 48 horas o CRM foi liberado possibilitando que os médicos formados pela Ufersa possam exercer a profissão de fato e de direito”, comemorou o jovem médico que já dispõe de várias propostas de trabalho.

“Um alívio e emoção também poder colocar em prática a arte ciência que é a medicina. Com O CRM em mãos vamos prosseguir com a vida na profissão conquistada com tanto esforço”, pontuou.


Na primeira solicitação feita pelo médico, o Conselho Regional de Medicina negou a solicitação sob a alegação que o curso de Medicina da Ufersa ainda se encontrava em processo de reconhecimento, embora todos os encaminhamentos em andamento sem nenhum problema. “Uma conquista que a considero como uma das mais importantes. A nossa universidade tem o respaldo de um órgão Federal e Estadual que é o CRM/RN”, considerou a reitora professora Ludimilla Oliveira.

Segundo a reitora, o contato direto com o Conselho Regional de Medicina trouxe mais o fortalecimento para o curso da Universidade. “Tive a satisfação de trabalhar e acompanhar em tempo real a expedição desse importante documento para os futuros médicos da Ufersa” destacou.

A professora Ludimilla aproveitou para agradecer a gestão da Universidade Federal do Ceará, aos professores Cândido Albuquerque e Glauco Lôbo, reitor e vice-reitor, pela parceria de possibilitou o primeiro internato para os acadêmicos da Ufersa. “Os futuros médicos da Ufersa podem contar com a gestão para a conquista do diploma e do CRM, documentos que vão garantir a conquista do emprego como médicos”, comemorou.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário