22 JAN 2022 | ATUALIZADO 23:18
POLÍCIA
ANNA PAULA BRITO
26/11/2021 10:22
Atualizado
26/11/2021 10:22

Mulher presa por maus tratos a animal em Mossoró era procurada por homicídio na Paraíba

A+   A-  
Maria da Luz Alves dos Santos, de 41 anos, foi presa na noite desta quinta-feira (25), após uma denúncia de que ela estaria batendo e jogando um gato no chão, no Planalto 13 de Maio. Ao ser levada à delegacia de plantão pela Polícia Ambiental, a mulher, que estava bêbada, usou um nome falso. No entanto, após ser interrogada, ela disse seu nome verdadeiro, momento em que ficou constatada a existência de um mandado de prisão de sentença condenatória por um crime de homicídio ocorrido em João Pessoa/PB.
Imagem 1 -
FOTO: DIONÍZIO DANTA/4DZ PATRULHA

A Polícia Militar de Mossoró prendeu, na noite desta quinta-feira (25), uma mulher de 41 anos, que estava foragida da justiça da Paraíba, por um crime de homicídio.

Os policiais, no entanto, chegaram até Maria da Luz Alves dos Santos devido a outro crime que ela estava cometendo. A mulher foi denunciada por maus tratos de animais, após espancar um gato em via pública, no bairro Planalto 13 de maio.

O pelotão ambiental foi acionado e levou Maria da Luz até a delegacia de plantão, para ser ouvida e autuada sobre o crime. No local, a mulher, que estava embriagada, se apresentou com um nome falso e falou coisas desencontradas.

No entanto, no dia seguinte, após passada a embriaguez, ao ser interrogada pelo delegado Valtair Camilo, Maria da Luz contou seu nome verdadeiro. Quando o delegado puxou a ficha dela, constatou que havia um mandado de prisão em aberto, decorrente de sentença condenatória por homicídio, emitido pela justiça da Paraíba.

O delegado afirmou que Maria da Luz também confessou um segundo homicídio que teria cometido, na cidade de Campina Grande, também na Paraíba. Este, no entanto, não foi confirmado oficialmente pelos policiais.

Segundo a mulher, os dois crimes foram cometidos contra homens que a agrediram, nas duas cidades.

Quanto aos maus tratos ao gato, ela disse que estava em um local e o gatinho teria lambido um petisco que ela estava comendo, então ela ficou com raiva e jogou o gato no chão. Maria da Luz foi autuada pelo crime de maus tratos a cão ou gato, com pena de até 5 anos.

A mulher foi encaminhada para a cadeia pública de Mossoró, onde ficará a disposição da justiça.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário