22 JAN 2022 | ATUALIZADO 14:11
MOSSORÓ
ANNA PAULA BRITO, COM INFORMAÇÕES DE CEZAR ALVES
11/01/2022 09:49
Atualizado
11/01/2022 09:53

“A vacina é, comprovadamente, a forma mais segura e eficaz de combater os agravos”

A+   A-  
O coordenador de imunizações da Secretaria de Saúde de Mossoró, Etevaldo Lima, conversou com a reportagem do MOSSORÓ HOJE, na manhã desta terça-feira (11), e falou sobre a importância de se imunizar, seja contra a Influenza ou contra a Covid. Ele lembra que a vacinação não impede que o cidadão contraia a doença, mas evita o agravamento e consequente internações hospitalares seguidas de óbitos; veja onde acontece a vacinação esta semana em Mossoró.
Imagem 1 -
FOTO: CEZAR ALVES

O coordenador de imunizações da Secretaria de Saúde de Mossoró, Etevaldo Lima, conversou com a reportagem do MOSSORÓ HOJE, na manhã desta terça-feira (11), e frisou a importância da população buscar a imunização, seja contra a Influenza ou contra a Covid.

Nos últimos dias, o município vem registrando um aumento considerável de procura de pessoas por atendimento médico nas Unidades de Pronto Atendimento, com quadro gripal.

Etevaldo explica que nessa época do ano já é esperado um aumentos dessas síndromes respiratórias agudas e que, por isso, é essencial que a população fique atenta aos períodos de vacinação, seja de influenza ou de Covid, e que busquem tomar os imunizantes no período habitual, não deixando para procurar a imunização quando já está acontecendo o aumento de casos.

“A vacina ela vai proteger, em se tratando da influenza, das formas graves. A vacina que o Ministério trabalha ela protege contra 3 tipos de gripe: dois tipos de influenza A, H1N1 e H3N2, e a influenza B sazonal. Então as pessoas que tomam a vacina vão se prevenir dessas doenças, no caso, evoluírem para as formas graves, internações hospitalares e consequentemente o óbito. Então a vacina é a forma mais segura e eficaz de combater esses agravos. Com relação a Covid-19 também está mais do que comprovado que com o avanço da vacinação diminuiu, significativamente, a questão das internações hospitalares. É tanto que, hoje, aqueles que mesmo tomando a vacina e vieram a contrair a Covid, eles não evoluem para essa forma grave de internação hospitalar. Então a finalidade da vacina é essa, é prevenir e proteger desses agravamentos”, explica.

Ele frisa, ainda, sobre a necessidade de manter os protocolos sanitários que vêm sendo realizados ao longos dos últimos dois anos, que são o uso de máscara, higienização das mãos e a questão do distanciamento social e que se for frequentar um local com maior número de pessoas, que seja um local arejado.

VACINAÇÃO EM MOSSORÓ

O coordenador explicou que para a influenza o estoque da secretaria de saúde do município está praticamente zerado, mas que algumas Unidades Básicas de Saúde ainda dispõem do imunizante. São elas:

UBS Luiz Escolástico - Santa Delmira

UBS Dr. Helênio Gurgel - Centro

UBS Dr. José Holanda - Dom Jaime

UBS Mário Lúcio de Medeiros - Vingt Rosado

UBS Moisés da Costa Lopes - Redenção

Já com relação a Covid, de acordo com Etevaldo, todas as UBSs estão orientadas a aplicarem os imunizantes, sem necessidade de agendamento.

O imunizante também está sendo aplicado, até esta sexta-feira (14), no Oitava Rosado Mall, no bairro Nova Betânia, das 12h às 20h.

Em Tibau também há uma parceria entre as duas prefeituras para aplicação da vacina na quarta (12) e quinta (13), das 15h ás 18h.

E, ainda, na Avenida Francisco Morta, saída para Areia Branca, no Mais Fácil Supermercado, onde a vacinação ocorre das 8h às 12h e das 14h às 17h.

Etevaldo ainda reforça que qualquer pessoa, de qualquer cidade do país, que esteja em Mossoró e queira tomar o imunizante, pode procurar um dos pontos de aplicação e garantir a sua dose.

“Nosso objetivo é garantir a imunização do maior número de pessoas, o mais rápido possível”, concluiu.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário