22 JAN 2022 | ATUALIZADO 14:11
MOSSORÓ
14/01/2022 17:24
Atualizado
14/01/2022 17:24

Estimado em R$ 851 milhões, orçamento para 2022 é aprovado pela Câmara de Mossoró

A+   A-  
Os vereadores realizaram cinco sessões extraordinárias para aprovação do projeto, de autoria do executivo municipal. Prevista para terça-feira (18), a votação foi antecipada para esta sexta (14), em acordo entre as bancadas. Uniu os parlamentares a necessidade de o município dispor do orçamento deste ano aprovado, o quanto antes. A versão final do Projeto de Lei será lida na segunda-feira (17), sem seguida, será enviada para sanção do Prefeito Allyson Bezerra.
Imagem 1 -
FOTO: EDILBERTO BARROS

Após cinco sessões extraordinárias, nesta sexta-feira (14), o plenário da Câmara Municipal de Mossoró aprovou o Projeto de Lei do Executivo 22/2022, referente à Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2022.

Prevista para terça-feira (18), a votação foi antecipada para hoje, em acordo entre as bancadas. Uniu os parlamentares a necessidade de o município dispor de o orçamento deste ano aprovado, o quanto antes.

Segunda-feira (17), às 16h, o plenário lerá a redação final da LOA. Em seguida, a Câmara enviará o projeto para sanção da Prefeitura.

Normalmente, a LOA é aprovada em dezembro. Mas teve que ser ajustada para inclusão de emendas impositivas, conforme decisão judicial. Daí, o prolongamento da análise para janeiro de 2022.

APERFEIÇOAMENTO

Estimado em R$ 851 milhões, o Orçamento recebeu outras 109 emendas. Destaque para a Saúde, para onde os vereadores remanejaram R$ 7,4 milhões. Também alocaram R$ 1,7 milhão para áreas diversas.

Cada vereador (a) remanejou R$ 400 mil em emendas impositivas. Conforme a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), 50% dessas emendas devem ser para a Saúde. A Câmara foi além e destinou 80% para o setor.

ESFORÇO CONCENTRADO

A Câmara aprovou a nova versão do Orçamento em 15 dias. Nas últimas duas semanas, também ajustou a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e o Plano Plurianual (PPA) 2022/2025.

“Parabenizo o empenho para aprovação da LOA, com rapidez”, reconhece o vereador Genilson Alves (Pros). “A garantia das emendas impositivas é um marco para Mossoró”, avalia a vereadora Marleide Cunha (PT).


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário