17 JUN 2024 | ATUALIZADO 12:28
NACIONAL
POR LEANDRO MAZZINI E WALMOR PARENTE
04/03/2022 08:24
Atualizado
04/03/2022 10:08

[COLUNA ESPLANADA] Segurança do ex-presidente Lula é reforçada em pré-campanha

A+   A-  
A coordenação da pré-campanha do ex-presidente Lula da Silva reforçou a segurança do petista. Assessores e seguranças têm se deslocado, dois dias antes, aos estados onde o ex-presidente cumpre agendas políticas. A equipe precursora do PT participa de reuniões e analisa, juntamente com assessores de aliados, a segurança dos locais que o ex-presidente irá trafegar e participar de encontros e entrevistas. A preocupação é com o acirramento dos ânimos no período que antecede o início oficial da disputa presidencial.
Imagem 1 -  [COLUNA ESPLANADA] A coordenação da pré-campanha do ex-presidente Lula da Silva reforçou a segurança do petista. Assessores e seguranças têm se deslocado, dois dias antes, aos estados onde o ex-presidente cumpre agendas políticas. A equipe precursora do PT participa de reuniões e analisa, juntamente com assessores de aliados, a segurança dos locais que o ex-presidente irá trafegar e participar de encontros e entrevistas. A preocupação é com o acirramento dos ânimos no período que antecede o início oficial da disputa presidencial.
[COLUNA ESPLANADA] A coordenação da pré-campanha do ex-presidente Lula da Silva reforçou a segurança do petista. Assessores e seguranças têm se deslocado, dois dias antes, aos estados onde o ex-presidente cumpre agendas políticas. A equipe precursora do PT participa de reuniões e analisa, juntamente com assessores de aliados, a segurança dos locais que o ex-presidente irá trafegar e participar de encontros e entrevistas. A preocupação é com o acirramento dos ânimos no período que antecede o início oficial da disputa presidencial.
FOTO: REPRODUÇÃO

COLUNA ESPLANADA

Leandro Mazzini e Walmor Parente

Com Carolina Freitas e Sara Moreira


BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 4 DE MARÇO DE 2022 - Nº 3299

Segurança

A coordenação da pré-campanha do ex-presidente Lula da Silva reforçou a segurança do petista. Assessores e seguranças têm se deslocado, dois dias antes, aos estados onde o ex-presidente cumpre agendas políticas. A equipe precursora do PT participa de reuniões e analisa, juntamente com assessores de aliados, a segurança dos locais que o ex-presidente irá trafegar e participar de encontros e entrevistas. A preocupação é com o acirramento dos ânimos no período que antecede o início oficial da disputa presidencial.

Tiros

Em maio de 2018, tiros atingiram dois ônibus da caravana do ex-presidente Lula no interior do Paraná.

Limbo

Quase quatro anos depois do ataque, as investigações seguem no limbo. Procurada pela Coluna, a Polícia Civil do Paraná se limita a informar que a delegada responsável está em férias.

Pré-campanha

Os canais de comunicação do Ministério da Infraestrutura estão afinados com a pré-campanha do chefe, Tarcísio de Freitas. Os destaques – textos, fotos e vídeos – são sempre de coberturas das agendas em São Paulo, onde Tarcísio disputará o governo.

Muy amigo

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), prepara mais uma medida para pavimentar sua reeleição e ficar bem na foto com o Planalto. Vai tirar da gaveta os mais de 130 pedidos de impeachment contra Jair Bolsonaro (PL) e arquivá-los.

Respaldo

Nem os autores dos pedidos falam mais em impeachment, o que dará respaldo para o despacho do presidente da Câmara. Desde que assumiu o comando da Casa, Lira adotou a defesa de que nunca existiu apoio popular para o afastamento de Bolsonaro.

Costura

Escanteado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), o vice-presidente Hamilton Mourão mantém bom trânsito com bolsonaristas do Rio Grande do Sul, estado por onde vai tentar vaga no Senado. O general comanda pessoalmente a costura de alianças. Ele se filia ao Republicanos no dia 16.

Hipster da Federal

Consternada, a Federação dos Policiais Federais (Fenapef) lamenta a morte do agente Lucas Valença. Conhecido como “Hipster da Federal”, ele atuou na prisão do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e na operação que capturou o assassino Lázaro Barbosa, em Goiás.

La Putaria

O promotor Celso Penna Júnior, da 23ª Promotoria de Defesa dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes de Minas Gerais, notificou a creperia La Putaria. O estabelecimento tem 10 dias para se explicar. À Coluna, o MPMG informa que chegaram algumas representações sobre o estabelecimento, as quais o promotor juntou em um procedimento único.

ECA

A loja, que vende crepes em formato de órgãos genitais, está na mira do MP por suspeita de afronta ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Vídeos que circulam nas redes socais mostram crianças no estabelecimento.

Apostas

O projeto (PL 442/1991), que legaliza o funcionamento de bingos e cassinos no Brasil, aprovado na Câmara, permite novos formatos de apostas em corridas de cavalos, incorporando a modalidade de bingos eletrônicos, loterias e corridas instantâneas, na qual o jogador aposta em corridas gravadas. O projeto aguarda análise no Senado.

Nazismo

A deputada Bia Kicis (União-DF) quer incluir falsas acusações de nazismo na Lei Caó, que define os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor. Pelo projeto (PL 254/22) da parlamentar, quem acusar alguém falsamente de ser nazista pode pegar de dois a cinco anos de prisão, mais multa.

Luto

O professor e físico Luiz Pinguelli Rosa morreu ontem no Rio, aos 80 anos. Ele foi presidente da Eletrobrás no primeiro governo Lula e também era membro titular da Academia Brasileira de Ciências (ABC).

ESPLANADEIRA

# Johnson &Johnson lança absorvente Sempre Livre® Adap Plus Eco com 80% de materiais de fonte renovável. # Rabino Nilton participa, dia 10, da live "Diálogos da Diversidade", da Associação dos Embaixadores de Turismo do RJ. # Professor Kaique Gomes lança livro “Felicidade pra quê te Quero?”. # Empresárias Luciana Ribeiro, Alice Porto e Mariana Uebel falam, dia 8, sobre “Empreendedorismo Feminino”, no seminário da Auddas. # Comunidade Crianças Especiais ganha investimento de US$ 50 mil do Facebook. # Ex-governador de Minas, Eduardo Azeredo lança na segunda, 7, o livro “O 'x' no lugar certo – Desafios e memórias da vida pública”.

Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário