28 MAI 2024 | ATUALIZADO 09:58
MUNDO
COM INFORMAÇÕES DA CNN
16/03/2022 08:30
Atualizado
16/03/2022 11:01

Capital da Ucrânia entra em toque de recolher de 35 horas após bombardeio Russo

A+   A-  
Cercada por tropas russas, Kiev está em alerta para ataques aéreos nesta quarta-feira (16). Será permitido que as pessoas circulem apenas para entrar em abrigos antiaéreos. Nas primeiras horas desta quarta, um prédio residencial de 12 andares perto do centro de Kiev foi atingido por um bombardeio russo, de acordo com o serviço de emergência da Ucrânia.
Imagem 1 -  Capital da Ucrânia entra em toque de recolher de 35 horas após bombardeio Russo . Cercada por tropas russas, Kiev está em alerta para ataques aéreos nesta quarta-feira (16). Será permitido que as pessoas circulem apenas para entrar em abrigos antiaéreos. Nas primeiras horas desta quarta, um prédio residencial de 12 andares perto do centro de Kiev foi atingido por um bombardeio russo, de acordo com o serviço de emergência da Ucrânia.
Capital da Ucrânia entra em toque de recolher de 35 horas após bombardeio Russo . Cercada por tropas russas, Kiev está em alerta para ataques aéreos nesta quarta-feira (16). Será permitido que as pessoas circulem apenas para entrar em abrigos antiaéreos. Nas primeiras horas desta quarta, um prédio residencial de 12 andares perto do centro de Kiev foi atingido por um bombardeio russo, de acordo com o serviço de emergência da Ucrânia.
FOTO: REUTERS

A capital da Ucrânia, Kiev, está sob toque de recolher de 35 horas após explosões atingirem prédios residenciais. As negociações entre delegações russas e ucranianos prosseguirão nesta quarta-feira (16).

Também é esperado um discurso do presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, no Congresso americano.

O evento deve aumentar a pressão de alguns congressistas sobre o presidente americano, Joe Biden, para a adoção de medidas mais fortes contra a Rússia.

Cercada por tropas russas, Kiev está em alerta para ataques aéreos. Será permitido que as pessoas circulem apenas para entrar em abrigos antiaéreos. Nas primeiras horas desta quarta, um prédio residencial de 12 andares perto do centro de Kiev foi atingido por um bombardeio russo, de acordo com o serviço de emergência da Ucrânia.

A Rússia disse nesta quarta que as “negociações de paz” com a Ucrânia não são fáceis, mas que há alguma esperança de chegar a um compromisso e que a “neutralidade para a Ucrânia” está sendo seriamente discutida.

“As negociações não são fáceis por razões óbvias”, disse o ministro das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, à RBC News. “Mas, no entanto, há alguma esperança de chegar a um compromisso.”

NEGOCIAÇÃO DA RÚSSIA ESTÁ FICANDO “MAIS REALISTA”

A posição de negociação da Rússia com a Ucrânia está se tornando “mais realista”, disse o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, nesta quarta-feira (16).

Falando em uma mensagem exibida na TV, Zelensky enfatizou a necessidade de seu país “continuar lutando”, mas fez uma nota mais positiva nas negociações.

“As reuniões estão em andamento, pois me disseram que as posições estão soando mais realistas”, declarou.

Zelensky enfatizou a importância de perseverar nas negociações, pois “qualquer guerra deve terminar em acordo”, mas acrescentou que “precisamos de mais tempo para tomar decisões que sirvam aos interesses da Ucrânia”.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário