29 JUN 2022 | ATUALIZADO 11:00
NACIONAL
POR LEANDRO MAZZINI
17/06/2022 08:20
Atualizado
17/06/2022 16:06

[COLUNA ESPLANADA] CADE deu duro golpe no caixa das telefônicas por concentração de mercado

A+   A-  
O Conselho Administrativo de Defesa Econômica deu duro golpe no caixa das telefônicas por concentração de mercado. A despeito do voto-vista do presidente do CADE, Alexandre Macedo – que tentou reduzir em 90% o valor –, três grandes terão de desembolsar até dia 18 de junho mais de R$ 780 milhões. A decisão saiu na 190ª sessão do Tribunal Administrativo. A Claro foi onerada em R$ 395.228.792,70; a Oi em R$ 266.115.266,00; e a Telefônica ficou com a multa de R$ 121.721.935,70. Quem passar do prazo ainda paga R$ 100 mil por dia de atraso. Por praxe (mesmo em tempos digitais), o CADE avisou aos Correios para notificação das operadoras.
Imagem 1 -  [COLUNA ESPLANADA] O Conselho Administrativo de Defesa Econômica deu duro golpe no caixa das telefônicas por concentração de mercado. A despeito do voto-vista do presidente do CADE, Alexandre Macedo – que tentou reduzir em 90% o valor –, três grandes terão de desembolsar até dia 18 de junho mais de R$ 780 milhões. A decisão saiu na 190ª sessão do Tribunal Administrativo. A Claro foi onerada em R$ 395.228.792,70; a Oi em R$ 266.115.266,00; e a Telefônica ficou com a multa de R$ 121.721.935,70. Quem passar do prazo ainda paga R$ 100 mil por dia de atraso. Por praxe (mesmo em tempos digitais), o CADE avisou aos Correios para notificação das operadoras.
[COLUNA ESPLANADA] O Conselho Administrativo de Defesa Econômica deu duro golpe no caixa das telefônicas por concentração de mercado. A despeito do voto-vista do presidente do CADE, Alexandre Macedo – que tentou reduzir em 90% o valor –, três grandes terão de desembolsar até dia 18 de junho mais de R$ 780 milhões. A decisão saiu na 190ª sessão do Tribunal Administrativo. A Claro foi onerada em R$ 395.228.792,70; a Oi em R$ 266.115.266,00; e a Telefônica ficou com a multa de R$ 121.721.935,70. Quem passar do prazo ainda paga R$ 100 mil por dia de atraso. Por praxe (mesmo em tempos digitais), o CADE avisou aos Correios para notificação das operadoras.
FOTO: REPRODUÇÃO

Leandro Mazzini


BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 17 DE JUNHO DE 2022 - Nº 3374

Linha cruzada

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica deu duro golpe no caixa das telefônicas por concentração de mercado. A despeito do voto-vista do presidente do CADE, Alexandre Macedo – que tentou reduzir em 90% o valor –, três grandes terão de desembolsar até dia 18 de junho mais de R$ 780 milhões. A decisão saiu na 190ª sessão do Tribunal Administrativo. A Claro foi onerada em R$ 395.228.792,70; a Oi em R$ 266.115.266,00; e a Telefônica ficou com a multa de R$ 121.721.935,70. Quem passar do prazo ainda paga R$ 100 mil por dia de atraso. Por praxe (mesmo em tempos digitais), o CADE avisou aos Correios para notificação das operadoras.

Luto na PF

A Academia Nacional da Polícia Federal passou por um momento triste há dias. Paulo Henrique Costa, jovem de 28 anos, faleceu vítima de um aneurisma aos 28 anos, no dia da primeira aula em que se apresentaria à corporação, concursado chamado como agente policial. A PF não deixou passar. Fez uma bela homenagem, com a presença do diretor-geral e dos pais do jovem, na presença de centenas de colegas.

Leite (Derramado)

Continua difícil a rotina de Eduardo Leite, após deixar o Governo do Rio Grande do Sul achando que seria o escolhido, no tapetão do ninho tucano, para disputar a presidência da República. De volta ao páreo para disputar o Governo – de fora do Palácio – Leite virou alvo do adversário e pré-candidato ao Palácio Piratini Ricardo Jobim (NOVO). Ele moveu ação contra o ex-governador pelo pagamento indevido de pensão a Leite. A Assembleia Legislativa revogou a Lei 7285 que dava esse direito.

Clã JK na urna

Quarenta e cinco anos depois da morte do ex-presidente Juscelino Kubitschek, fundador de Brasília, o sangue nobre do fundador de Brasília volta a circular nas veias eleitorais da capital. O bisneto André Octávio Kubitschek – filho do empresário Paulo Octávio e da neta de JK, Anna Christina – decidiu se lançar a deputado federal. Já discursou com desenvoltura no Senado, em sessão em homenagem a Brasília em abril, e agora, filho de político experiente, tem o desafio de provar nas ruas que pode representar o legado.

Cerca digital

Um aplicativo vem sendo utilizado com sucesso para combater o roubo de gado – em especial no Sul do Brasil. A Coluna já citou que são frequentes nos pampas e que a PM gaúcha anda perdida (literalmente) em campo. Desenvolvido pela Be220, o AbigeApp vem sendo usado pelas autoridades, como polícia e prefeituras. O banco de dados armazena o registro de marcas e sinais de bovinos, equinos e ovinos – e faz cruzamento de imagens cadastradas de animais localizados.

Desmonte da FUNAI

A Fundação Nacional do Índio abandonou Bruno Perereira, servidor de carreira, porque cumpria o seu papel. É mostra clara da falência do órgão sob o Governo de Bolsonaro – que considerou a viagem do indigenista e do jornalista Dom Philips “aventura”, enquanto estavam, como cidadãos, fazendo papel das autoridades fiscalizadoras. O Conselho da Amazônia – interface do Governo Federal com a região –, comandado pelo vice presidente e general Hamiltom Mourão, não se reúne desde ano passado.

Notas

UNP 27 de junho de 2022

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário