12 AGO 2022 | ATUALIZADO 15:37
SAÚDE
23/06/2022 17:50
Atualizado
23/06/2022 18:20

Natal registra o primeiro caso suspeito da Varíola dos Macacos no RN

A+   A-  
O caso foi identificado nesta quinta-feira (23) em paciente do sexo masculino com histórico de viagem para a Espanha e contato com caso confirmado no referido país. A informação foi repassada à imprensa pela Secretaria Municipal de Saúde de Natal. A SMS informou que já adotou as providências para iniciar a investigação epidemiológica e notificação do caso junto ao CIEVS/RN e ao CIEVS/Nacional. O paciente já recebeu a medicação necessária e está em isolamento.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

A Secretaria Municipal de Saúde de Natal registrou o primeiro caso suspeito de infecção pela Monkeypox (Varíola dos Macacos).

O caso foi identificado nesta quinta-feira (23) em paciente do sexo masculino com histórico de viagem para a Espanha e contato com caso confirmado no referido país. A informação foi divulgada à imprensa por meio de nota.

A SMS informou que já adotou as providências para iniciar a investigação epidemiológica e notificação do caso junto ao CIEVS/RN e ao CIEVS/Nacional. A Anvisa também já foi comunicada, para levantamento dos comunicantes do voo.

O paciente já recebeu a medicação necessária e está em isolamento.

VEJA A NOTA NA ÍNTEGRA:

A Secretaria Municipal de Saúde de Natal informa que na data de hoje, 23 de junho de 2022, foi identificado o primeiro caso suspeito de contaminação pelo vírus Monkeypox (Varíola do Macaco), em paciente do sexo masculino com histórico de viagem para a Espanha e contato com caso confirmado no referido país.

Imediatamente, a SMS Natal adotou todas as providências através Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS/Natal), realizando contato com o paciente, iniciada a investigação epidemiológica e notificação do caso junto ao Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde do RN - CIEVS/RN e Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde Nacional - CIEVS/Nacional, bem como, comunicado à Agência Nacional de Vigilância em Saúde - ANVISA, para levantamento dos comunicantes do voo.

O paciente já recebeu atendimento médico e realizou coleta de material conforme protocolos vigentes e orientações quanto à necessidade de manter isolamento, uma vez que a transmissão ocorre por contato próximo com lesões, fluidos corporais, gotículas respiratórias e materiais contaminados. Por fim, registramos que novas informações serão repassadas conforme andamento das investigações.

Natal, 23 de junho de junho de 2022

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE NATAL


Notas

UNP 27 de junho de 2022

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário