19 JUN 2024 | ATUALIZADO 09:17
EDUCAÇÃO
03/07/2023 10:56
Atualizado
03/07/2023 10:56

Estudante de Engenharia de Pesca da Ufersa participa de um curso de férias em Israel

A+   A-  
Para conquistar a vaga, Tiago Silva Gondim concorreu com 201 estudantes de 25 países. A oportunidade surgiu a partir de parceria entre Ufersa e a Ben-Gurion University of the Neguev (BGU) do Estado de Israel, firmada por ocasião da visita da reitora, professora Ludimilla Oliveira, e do pró-reitor de pesquisa e pós-graduação, professor Glauber Nunes, a BGU, no mês de janeiro. “É mais um exemplo do nosso trabalho para colocar a UFERSA entre as melhores instituições e também oportunizar capacitação para os nossos estudantes que passam a ter uma formação diferenciada com curso de formação internacional”, afirmou a reitora Ludimilla Oliveira.
Imagem 1 -  Estudante de Engenharia de Pesca da Ufersa participa de um curso de férias em Israel. Para conquistar a vaga, Tiago Silva Gondim concorreu com 201 estudantes de 25 países. A oportunidade surgiu a partir de parceria entre Ufersa e a Ben-Gurion University of the Neguev (BGU) do Estado de Israel, firmada por ocasião da visita da reitora, professora Ludimilla Oliveira, e do pró-reitor de pesquisa e pós-graduação, professor Glauber Nunes, a BGU, no mês de janeiro. “É mais um exemplo do nosso trabalho para colocar a UFERSA entre as melhores instituições e também oportunizar capacitação para os nossos estudantes que passam a ter uma formação diferenciada com curso de formação internacional”, afirmou a reitora Ludimilla Oliveira.
Estudante de Engenharia de Pesca da Ufersa participa de um curso de férias em Israel. Para conquistar a vaga, Tiago Silva Gondim concorreu com 201 estudantes de 25 países. A oportunidade surgiu a partir de parceria entre Ufersa e a Ben-Gurion University of the Neguev (BGU) do Estado de Israel, firmada por ocasião da visita da reitora, professora Ludimilla Oliveira, e do pró-reitor de pesquisa e pós-graduação, professor Glauber Nunes, a BGU, no mês de janeiro. “É mais um exemplo do nosso trabalho para colocar a UFERSA entre as melhores instituições e também oportunizar capacitação para os nossos estudantes que passam a ter uma formação diferenciada com curso de formação internacional”, afirmou a reitora Ludimilla Oliveira.
FOTO: CEDIDA

Bem mais que um curso num país estrangeiro. Tem sido assim a experiência do estudante do curso de Engenharia de Pesca da Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Tiago Silva Gondim, que participa de um curso de férias, promovido pela Ben-Gurion University of the Neguev (BGU) do Estado de Israel. Tiago concorreu com 201 estudantes de 25 países.

A oportunidade surgiu a partir de parceria entre as duas instituições firmadas por ocasião da visita da reitora, professora Ludimilla Oliveira, e do pró-reitor de pesquisa e pós-graduação, professor Glauber Nunes, a BGU, no último mês de janeiro.

“É mais um exemplo do nosso trabalho para colocar a UFERSA entre as melhores instituições e também oportunizar capacitação para os nossos estudantes que passam a ter uma formação diferenciada com curso de formação internacional”, afirmou a reitora Ludimilla Oliveira.

Tiago conta que na primeira semana em Israel conheceu as particularidades do país como o clima, a fauna e a flora, além da estrutura da Universidade.

“Tivemos aulas expositivas, visitas de campo e também visitamos alguns pontos do país, como Telavive e Jafa”, afirmou. Na primeira semana, o estudante conheceu o ibex, um ruminante comum na região e, a kouba, uma fruta semelhante à pitaya, que é produzida no país para exportação.

Uma das visitas do estudante foi a uma viticultura onde o verde das parreiras contrata com a grande área deserta.

“Uma prática cultivada há mais de dois mil anos que foi reativada para a produção de vinho”, pontuou. O local também funciona como hotel para turistas. “A água utilizada para o consumo humano é de reservatório (chuva) e, para a plantação de uvas e azeitonas, a irrigação é feita por gotejamento com o reuso da água utilizada pelas pessoas do hotel”, explicou.

O estágio, com conta com estudantes de várias partes do mundo, tem duração de 30 dias, incluindo aulas teóricas e práticas. No grupo de Tiago Gondim tem estudantes do México, China, Taiwan, Alemanha, Hungria, Itália, índia, República Tcheca, Colômbia, Nigéria e Estados Unidos.

Um novo edital se encontra aberto na UFERSA para estudantes estagiarem em Israel, desta vez, na Colors Farm, que fica no deserto do Arava, ao Sul de Israel.

Confira AQUI o Edital.



Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário