03 MAR 2024 | ATUALIZADO 23:26
SAÚDE
20/11/2023 15:38
Atualizado
20/11/2023 15:40

Mossoró recebe a “Carreta da Saúde” para diagnóstico da hanseníase a partir desta terça, 21

O projeto “Roda-Hans: Carreta da Saúde”, desenvolvido numa parceria entre Ministério da Saúde, Instituto Novartis Biociências S.A., Estados, Municípios e a Sociedade Brasileira de Dermatologia, estará atendendo a população de Mossoró até a sexta-feira (24). A carreta ficará instalada na Praça dos Patins, na avenida Rio Branco, em funcionamento durante a manhã e tarde. “É muito importante o tratamento precoce, especialmente porque é uma doença que quando é diagnosticada tardiamente pode causar problemas neurológicos nas mãos e pés”, disse o dermatologista Maurício Nobre.
Mossoró recebe a “Carreta da Saúde” para diagnóstico da hanseníase a partir desta terça, 21. O projeto “Roda-Hans: Carreta da Saúde”, desenvolvido numa parceria entre Ministério da Saúde, Instituto Novartis Biociências S.A., Estados, Municípios e a Sociedade Brasileira de Dermatologia, estará atendendo a população de Mossoró até a sexta-feira (24). A carreta ficará instalada na Praça dos Patins, na avenida Rio Branco, em funcionamento durante a manhã e tarde. “É muito importante o tratamento precoce, especialmente porque é uma doença que quando é diagnosticada tardiamente pode causar problemas neurológicos nas mãos e pés”, disse o dermatologista Maurício Nobre.

Começa nesta terça-feira (21) o período de atendimento ao público para diagnóstico da hanseníase. O projeto “Roda-Hans: Carreta da Saúde” ficará instalada na Praça dos Patins, na avenida Rio Branco, em funcionamento durante manhã e tarde para receber a população. Os interessados podem buscar o serviço até a próxima sexta-feira (24).

A iniciativa visa à promoção de saúde pública em diferentes lugares e contextos sociais e epidemiológicos da doença. Um dos diferenciais do projeto é a presença da carreta em pontos estratégicos dos municípios, atraindo à população e facilitando o acesso aos serviços de saúde.

O dermatologista Maurício Nobre explica pontos importantes sobre a hanseníase. “A hanseníase é uma doença causada por uma bactéria, passa de um indivíduo para outro. É importante ressaltar que quando a pessoa está se tratando ela não transmite. Então é muito importante o tratamento precoce, especialmente porque é uma doença que quando é diagnosticada tardiamente pode causar problemas neurológicos nas mãos e pés. É uma doença silenciosa. Muitas vezes a pessoa apresenta manchas na pele que simulam outras doenças, principalmente as micoses superficiais, as impinges e também a queixa de dormência. Muitas vezes a pessoa também tem o diagnóstico de alergia, porque as manchas podem ser avermelhadas”, pontuou o médico.

“As pessoas têm a oportunidade de buscar esse atendimento na Carreta de terça a sexta-feira. As pessoas que tiveram contato com hanseníase, que são de áreas mais endêmicas e que já tiveram casos na família, devem aproveitar essa oportunidade para tirar qualquer dúvida sobre a doença. Além disso, pessoas têm essa queixa de dormência na pele, que não vem melhorando com os tratamentos convencionais. Lembrando que a doença tem cura, mas quanto mais rápido o diagnóstico, melhor”, reforçou Maurício Nobre.

O projeto é desenvolvido numa parceria entre Ministério da Saúde, Instituto Novartis Biociências S.A., Estados, Municípios e a Sociedade Brasileira de Dermatologia.


Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário