13 ABR 2024 | ATUALIZADO 13:43
POLÍCIA
ANNA PAULA BRITO
19/02/2024 09:58
Atualizado
19/02/2024 10:00

Aposentado vai a júri popular por tentar matar a companheira, em Mossoró

A+   A-  
A primeira pauta do ano de 2024 do Tribunal do Júri Popular da Comarca de Mossoró começa a ser julgada nesta segunda-feira (19). O primeiro a sentar no banco dos réus é Damião Ayres Filho, de 56 anos. Ele é acusado de tentar matar a companheira com disparos de arma de fogo, no dia 8 de março de 2021, no Bairro Lagoa do Mato. O julgamento foi iniciado por volta das 9h, no Fórum Municipal Desembargador Silveira Martins.
Imagem 1 -  Aposentado vai a júri popular por tentar matar a companheira, em Mossoró. A primeira pauta do ano de 2024 do Tribunal do Júri Popular da Comarca de Mossoró começa a ser julgada nesta segunda-feira (19). O primeiro a sentar no banco dos réus é Damião Ayres Filho, de 56 anos. Ele é acusado de tentar matar a companheira com disparos de arma de fogo, no dia 8 de março de 2021, no Bairro Lagoa do Mato. O julgamento foi iniciado por volta das 9h, no Fórum Municipal Desembargador Silveira Martins.
Aposentado vai a júri popular por tentar matar a companheira, em Mossoró. A primeira pauta do ano de 2024 do Tribunal do Júri Popular da Comarca de Mossoró começa a ser julgada nesta segunda-feira (19). O primeiro a sentar no banco dos réus é Damião Ayres Filho, de 56 anos. Ele é acusado de tentar matar a companheira com disparos de arma de fogo, no dia 8 de março de 2021, no Bairro Lagoa do Mato. O julgamento foi iniciado por volta das 9h, no Fórum Municipal Desembargador Silveira Martins.
FOTO: ISAÍAS FERNANDES/TCM

O Conselho de Sentença do Tribunal do Júri Popular da Comarca de Mossoró voltou a se reunir nesta segunda-feira (19), para julgar novos acusados de crimes contra a vida. Esta é a primeira pauta do ano de 2024.

O primeiro a sentar no banco dos réus do Fórum Municipal Desembargador Silveira Martins é Damião Ayres Filho, de 56 anos. O julgamento foi iniciado às 9h.

Ele é acusado de tentar matar a companheira com disparos de arma de fogo, no dia 8 de março de 2021, no Bairro Lagoa do Mato.

O júri está sendo presidido pelo Juiz Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros. A acusação do réu é realizada pelo promotor Ítalo Moreira Martins, representando o Ministério Público do Rio Grande do Norte. Já a defesa ficou a cargo da equipe da Defensoria Pública.

O CASO

Consta na denúncia, com base nos autos do inquérito policial, que no dia 8 de março de 2021, por volta das 2h, o réu e a vítima estavam bebendo na Rua Olavo Bilac, no Bairro Lagoa do Mato, em Mossoró.

Em determinado momento, Damião sacou uma arma e desferiu vários disparos contra a mulher. Ela foi atingida na região da mão e do peito. Ferida, foi socorrida por populares para o Hospital Regional e conseguiu sobreviver.

A motivação para a agressão não ficou devidamente esclarecida nos autos do inquérito.

O MP deverá denunciar o réu por tentativa de feminicídio qualificado, cometido por motivo fútil, por meio de emboscada e sem chances de defesa da vítima.

O resultado do julgamento deve ser divulgado ainda nesta segunda.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário