13 ABR 2024 | ATUALIZADO 13:43
ESTADO
27/02/2024 08:33
Atualizado
27/02/2024 08:33

PCRN recebe doação de cão farejador filhote para auxiliar no trabalho investigativo

A+   A-  
Trata-se do cãozinho Remo, da raça braco alemão, que foi doado pelo Canil Jaegerhund, da cidade de Cariacica, do estado do Espírito Santo. Remo, de dois meses, está iniciando os treinamentos de obediência e socialização e, em breve, irá atuar em campo auxiliando nas buscas como cão farejador de corpos e restos mortais. O novo integrante do canil da PCRN será um diferencial nas operações policiais que exijam esse tipo de trabalho.
Imagem 1 -  PCRN recebe doação de cão farejador filhote para auxiliar no trabalho investigativo. Trata-se do cãozinho Remo, da raça braco alemão, que foi doado pelo Canil Jaegerhund, da cidade de Cariacica, do estado do Espírito Santo. Remo, de dois meses, está iniciando os treinamentos de obediência e socialização e, em breve, irá atuar em campo auxiliando nas buscas como cão farejador de corpos e restos mortais. O novo integrante do canil da PCRN será um diferencial nas operações policiais que exijam esse tipo de trabalho.
PCRN recebe doação de cão farejador filhote para auxiliar no trabalho investigativo. Trata-se do cãozinho Remo, da raça braco alemão, que foi doado pelo Canil Jaegerhund, da cidade de Cariacica, do estado do Espírito Santo. Remo, de dois meses, está iniciando os treinamentos de obediência e socialização e, em breve, irá atuar em campo auxiliando nas buscas como cão farejador de corpos e restos mortais. O novo integrante do canil da PCRN será um diferencial nas operações policiais que exijam esse tipo de trabalho.

O Núcleo Operacional com Cães da Polícia Civil do Rio Grande do Norte (NOC/PCRN) recebeu a doação de um novo filhote para auxiliar no trabalho investigativo.

Trata-se do cãozinho Remo, da raça braco alemão, que foi doado pelo Canil Jaegerhund, da cidade de Cariacica, do estado do Espírito Santo.

Remo, de dois meses, está iniciando os treinamentos de obediência e socialização e, em breve, irá atuar em campo auxiliando nas buscas como cão farejador de corpos e restos mortais. O novo integrante do canil da PCRN será um diferencial nas operações policiais que exijam esse tipo de trabalho.

O cão saiu do Espírito Santo devidamente vacinado e com um micro chip com todas as suas informações. A raça canina braco alemão tem instintos de caça apurados e a energia para desempenhar o seu papel nato como cão de trabalho, além de ser conhecido por ser um animal de estimação leal, gentil e carinhoso.

Espera-se que em pouco tempo ele esteja pronto para trabalhar juntamente com os demais integrantes do canil, Aquilles e Dragon.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário