25 MAI 2024 | ATUALIZADO 14:12
ESTADO
15/05/2024 09:59
Atualizado
15/05/2024 09:59

Consórcio Nordeste debate novas tecnologias e transição energética com empresas belgas

A+   A-  
Os governadores estão participando da World Hydrogen 2024, em Roterdã, na Holanda. No segundo dia de ações na Europa, foi realizada visita guiada ao Pavilhão da Associação Alemã de Fabricantes de Máquinas e Instalações Industriais e também aos estandes da Renânia do Norte-Westfalia, e fez reuniões com as empresas John Cockerill e 2G. Cogeneration. A governadora Fátima Bezerra, presidenta do Consórcio, também participou de reuniões com empresas investidoras, como a Green Energy Park, uma das maiores no setor de hidrogênio e amônia verde, para dialogar sobre projetos e diferenciais competitivos do Rio Grande do Norte para a produção, armazenamento, transporte e comercialização de hidrogênio e amônia verde.
Imagem 1 -  Consórcio Nordeste debate novas tecnologias e transição energética com empresas belgas. Os governadores estão participando da World Hydrogen 2024, em Roterdã, na Holanda. No segundo dia de ações na Europa, foi realizada visita guiada ao Pavilhão da Associação Alemã de Fabricantes de Máquinas e Instalações Industriais e também aos estandes da Renânia do Norte-Westfalia, e fez reuniões com as empresas John Cockerill e 2G. Cogeneration. A governadora Fátima Bezerra, presidenta do Consórcio, também participou de reuniões com empresas investidoras, como a Green Energy Park, uma das maiores no setor de hidrogênio e amônia verde, para dialogar sobre projetos e diferenciais competitivos do Rio Grande do Norte para a produção, armazenamento, transporte e comercialização de hidrogênio e amônia verde.
Consórcio Nordeste debate novas tecnologias e transição energética com empresas belgas. Os governadores estão participando da World Hydrogen 2024, em Roterdã, na Holanda. No segundo dia de ações na Europa, foi realizada visita guiada ao Pavilhão da Associação Alemã de Fabricantes de Máquinas e Instalações Industriais e também aos estandes da Renânia do Norte-Westfalia, e fez reuniões com as empresas John Cockerill e 2G. Cogeneration. A governadora Fátima Bezerra, presidenta do Consórcio, também participou de reuniões com empresas investidoras, como a Green Energy Park, uma das maiores no setor de hidrogênio e amônia verde, para dialogar sobre projetos e diferenciais competitivos do Rio Grande do Norte para a produção, armazenamento, transporte e comercialização de hidrogênio e amônia verde.

O potencial energético do Nordeste brasileiro e a urgência em se realizar a transição energética como resposta à questão climática foram temas apresentados pela II Missão Internacional do Consórcio Nordeste em Roterdã, na Holanda.

Governadores e integrantes do Consórcio Nordeste, da ApexBrasil e da Sudene realizaram encontros e reuniões com empresas no segundo dia de ações na Europa.

Liderada pela presidenta do Consórcio Nordeste, a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, a Missão realizou visita guiada ao Pavilhão da Associação Alemã de Fabricantes de Máquinas e Instalações Industriais e também aos estandes da Renânia do Norte-Westfalia, e fez reuniões com as empresas John Cockerill e 2G. Cogeneration.

Em todos os momentos, foi possível debater sobre as novas tecnologias que propiciam a produção de uma energia mais verde para o mundo.

“Nós não poderíamos estar em outro local que não fosse aqui em Roterdã, no World Hydrogen 2024. Aqui, estamos no centro das discussões sobre descarbonização e também onde é possível encontrar os principais envolvidos neste processo de transição energética e desenvolvimento sustentável. A nossa meta é transformar o Nordeste, em breve, em uma referência na produção de hidrogênio”, afirmou a presidenta do Consórcio Nordeste, Fátima Bezerra.

A governadora participou de reuniões com empresas investidoras, como a Green Energy Park, uma das maiores no setor de hidrogênio e amônia verde, para dialogar sobre projetos e diferenciais competitivos do Rio Grande do Norte para a produção, armazenamento, transporte e comercialização de hidrogênio e amônia verde.

O governador do Piauí, Rafael Fonteles, representou o Consórcio Nordeste na Sessão Brasil durante o painel “Hydrogen Horizons: Navigating Current Realities, Exploring Future Frontiers in Brazil” (Horizontes do Hidrogênio: Navegando pelas Realidades Atuais, Explorando as Fronteiras do Futuro no Brasil), no World Hydrogen 2024 summit & Exhibition.

O painel teve por objetivo apresentar planos de investimento em Hidrogênio Verde para os próximos anos. O governador do Piauí Rafael Fonteles ressaltou os potenciais e desafios para a indústria de Hidrogênio Verde no Brasil.

“O Nordeste é a região mais propícia para ser a maior produtora de hidrogênio verde do mundo, fazendo com que a transição energética e a descarbonização da economia se tornem realidade. A nossa meta é seguir apresentando a região para o mundo e atrair investidores e empreendedores que apostam em nosso potencial”, destacou Fonteles.

A participação no painel veio por convite da ApexBrasil, Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos.

O dia de atividades foi encerrado com um almoço oferecido pela ApexBrasil. De Roterdã, a comitiva do Consórcio segue para Bruxelas, na Bélgica, onde tem agenda com representantes do Governo Belga. Estiveram presentes nas agendas deste segundo dia, a presidenta do Consórcio Nordeste e governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra; os governadores Paulo Dantas (AL); Jerônimo Rodrigues (BA); Elmano de Freitas (CE); Rafael Fonteles (PI); Fábio Mitidieri (SE) e o vice-governador do Maranhão, Felipe Camarão. Além de Fernando Hollanda, secretário-chefe da Assessoria Especial da Governadora Raquel Lyra e Relações Internacionais de Pernambuco e do superintendente da Sudene, Danilo Cabral.

O Consórcio Nordeste e o meio ambiente

Em setembro de 2023, as governadoras e governadores nordestinos assinaram parceria com o Banco Mundial para avanço na cadeia produtiva do Hidrogênio Verde (H2V) com o objetivo de criar cadeias de valor e um polo de hidrogênio, consolidando o Nordeste como centro de economia sustentável.

Em novembro, o Consórcio apresentou à ministra de Meio Ambiente e Mudança do Clima, Marina Silva, proposta para criação do Fundo Caatinga, que destinaria recursos para a preservação do bioma. Na ocasião, ficou acertado que possíveis formatos para o fundo serão avaliados com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), entre outras organizações.

Em fevereiro deste ano, o Consórcio assinou documento denominado “Carta de Natal”, reafirmando o compromisso do grupo em atuar de maneira eficiente para mitigar os efeitos provocados pela mudança do clima.

Após a apresentação no ano passado, o Consórcio e o Ministério de Meio Ambiente e Mudança Climática (MMA), em abril deste ano, formalizaram a criação do Fundo Caatinga com aval para o avanço em suas implementações.

Missão oficial

Nesta quarta-feira (15), a missão oficial na Europa aposta em Bruxelas, capital da Bélgica, para mais atividades sobre transição energética. Como destaque, haverá encontro com representantes do Governo Belga, que apresentarão projetos envolvendo energia verde e sustentabilidade, e reunião com o vice-presidente-executivo da Comissão Europeia e responsável pelo Pacto Verde Europeu, Comissário Maroš Šefčovič.

De Bruxelas, a Missão segue para Berlim, última parada de seus integrantes, onde, entre as atividades, será realizado o Seminário “Brazilian Northeast: Green Industry and Energy Transition Investment Opportunities”, dentre outras atividades.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário