22 ABR 2024 | ATUALIZADO 16:20
SAÚDE
Josemário Alves
30/03/2015 08:25
Atualizado
14/12/2018 00:12

Quinta BIC em Mossoró será exclusiva para a Saúde

A+   A-  
Secretário de Segurança já apresentou a proposta ao prefeito Francisco José Junior e a secretária Leodise Cruz, diante das ocorrências de arrombamentos e ameaças

O secretário Alvibá Gomes, de Segurança e Defesa Civil de Mossoró, apresentou projeto ao prefeito Francisco José Junior e a Secretaria de Saúde Leodise Cruz para implantar em Mossoró mais uma Base Integrada Cidadã, a quinta, exclusiva para garantir a segurança nas unidades de saúde.

Conflitos constantes nas unidades de saúde entre familiares de pacientes, pacientes e profissionais de saúde, arrombamentos nos prédios, assim como pequenos delitos nas imediações das UBS e UPA, segundo Alvibá Gomes, justifica o investimento numa nova BIC exclusiva para a saúde.

Cada BIC em Mossoró significa 24 homens circulando nas ruas por período de 24 horas. Como já tem quatro unidades instaladas, por turno de 24 horas são 96 homens da Policia Militar, que deveriam está de folga, mas que estão a serviço da segurança pública ganhando diária de R$ 70,00 por seis horas trabalhando para a Prefeitura.

A BIC da Saúde seria do mesmo jeito, apenas diferenciando quanto ao formado de atuação: seria exclusiva para atuar nas unidades de saúde e principalmente nas UPAs, onde geralmente se faz os primeiros atendimentos pacientes oriuntos de conflitos armados nas ruas. O risco é constante para os pacientes e servidores.

Segundo Alvibá Gomes, o trabalho da BIC da Saúde será complementado com os guardas municipais, que ficarão presentes em todos as unidades de saúde por períodos de 24 horas e monitoramento por câmeras em tempo integral, evitando o que aconteceu na noite desta domingo para segunda-feira, na UBS do bairro Vingt Rosado, em Mossoró.

Criminosos arrombam UBS, roubam e fazem "festinha" particular

Pela segunda vez em quatro meses, a Unidade Básica de Saúde Dr. Aguinaldo Pereira, no conjunto habitacional Vingt Rosado em Mossoró foi arrombada.

O caso aconteceu neste final de semana, mas só foi percebido na manhã desta segunda-feira (30) quando os funcionários chegaram para trabalhar.

Segundo a gerente da unidade, Marcineide Medeiros, os criminosos arrombaram uma parede, queimaram o lixo hospitalar e roubaram um botijão de gás.

“A gente encontrou ainda várias latinhas de bebidas. Eles fizeram uma verdadeira festa”, contou Marcineide.

Esta não foi a primeira vez em que a UBS foi alvo de ação criminosa. Em dezembro do ano passado, indivíduos arrombaram a unidade e roubaram liquidificador, máquina de lavar, botijão de gás, torradeira, estetoscópios e vários outros equipamentos.

“O que mais tememos é saber que eles podem voltar novamente”, concluiu a gerente.

Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário