23 JUL 2024 | ATUALIZADO 18:32
CONCURSOS
Da redação / Agência Brasil / G1
10/03/2016 11:19
Atualizado
13/12/2018 14:37

MEC divulga lista de cursos que serão avaliados no Enade 2016

A+   A-  
O exame será aplicado, de acordo com a publicação no Diário Oficial, no dia 20 de novembro, a partir das 13 horas. A prova é voltada para alunos que estão no fim de cada cursos
Imagem 1 -  MEC divulga lista de cursos que serão avaliados no Enade 2016
MEC

O Ministério da Educação divulgou nesta quinta (10) a relação de cursos que serão avaliados no Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes) em 2016. Deverão prestar a prova os alunos dos cursos de agronomia, biomedicina, educação física, enfermagem, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, medicina, medicina veterinária, nutrição, odontologia, serviço social e zooctenia.

Cursos que conferem diploma de tecnólogo nas áreas de agronegócio, estética e cosmética, gestão ambiental, gestão hospitalar e radiologia também estão na lista.

O exame será aplicado, de acordo com a publicação no Diário Oficial, no dia 20 de novembro, a partir das 13 horas. A prova é voltada para alunos que estão no fim dos cursos listados acima. Mais precisamente, necessitam participar:

- todos os alunos concluintes dos cursos, que terminarão a gradução até julho de 2017 ou que tenham cumprido 80% ou mais da carga horária mínima até o dia 31 de agosto de 2016;

- estudantes concluintes dos cursos superiores de tecnologia, que encerrarão os estudos até dezembro de 2016 ou que tenham cumprido 75% ou mais da carga horária até o dia 31 de agosto de 2016.

As inscrições para o Enade são feitas pelas instituições de ensino, entre 15 e 29 de junho de 2016.

De acordo com o MEC, os estudantes que estiverem cursando atividades curriculares no exterior, na data do Enade, estarão dispensados da prova. Aqueles que colarem grau até o dia 31 de agosto de 2016 também não vão precisar prestar o exame. Os demais que não puderem participar do Enade e que estejam nas categorias obrigatórias são obrigados a solicitar dispensa.

Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário