07 DEZ 2019 | ATUALIZADO 13:29
Will Vicente

Moradores que serão retirados do Wilson Rosado se reúnem com Prefeitura

Ao lado da OAB, Conselho Tutelar e vereadores, famílias vão pedir posição da prefeitura sobre ordem de despejo da comunidade
11/03/2015 18:59
Atualizado
13/12/2018 09:02
A+   A-  
Imagem 1 -  Moradores que serão retirados do Wilson Rosado se reúnem com Prefeitura
Edinaldo Mo

Amanhã (12), representantes do Conselho Tutelar, da Câmara Municipal de Mossoró e da Comissão de Direitos Humanos da OAB, devem se reunir com a Prefeitura para discutir a questão das famílias da Comunidade Wilson Rosado.

Cerca de 15 famílias daquela localidade receberam ordem de despejo, a partir de uma ação impetrada pela Chesf, pela reintegração de posse de uma área que abriga redes de alta tensão. De acordo com a decisão judicial, essas famílias devem ser retiradas de suas casas na próxima sexta-feira (13), às 6h30.

De acordo com o conselheiro tutelar Italo Mikael, na reunião de amanhã, os moradores vão checar com a Prefeitura quais as perspectivas para as obras de urbanização da comunidade. Eles querem que ogoverno municipal assuma a responsabilidade de garantir novas moradias a partir do Programa de Erradicação de Favelas.

Folha municipal

Na sessão de hoje da Câmara Municipal de Mossoró, o vereador Genivan Vale (Pros) apresentou documento do TCE afirmando que a Prefeitura Municipal enxugou os gastos com a folha de pessoal. Pelo documento, essas despesas já estão abaixo do limite prudencial. O vereador acrescenta que, com isso, os agentes de endemias aprovados no último concurso já podem ser convocados. A prefeitura ainda não passou dados oficiais sobre as despesas atuais com o pagamento dos servidores.

Líderes

A bancada da oposição em Mossoró quase tem tanto líderes quanto membros. Dos seis, existem três líderes: o líder da bancada, Lahyre Rosado Neto, o líder da minoria, Tomaz Neto, e o líder do bloco parlamentar - Pros, PSB e PDT - Genivan Vale.

Tassyo explica

O vereador PSDBista Tassyo Mardone explica de que maneira encabeça movimento anti-PT na cidade enquanto apóia o governo municipal, que tem entre seus principais aliados, o PT: Tassyo assegura que o prefeito Francisco José Junior e suas ações são uma coisa, já as ações isoladas do PT são outra coisa. Além do mais, o vereador acrescenta que a campanha é contra a política do PT nacional, e não local. Se ele está dizendo, então tá.

PMDB pós carnaval

Passado o carnaval, o presidente estadual do PMDB, Henrique Eduardo Alves, vai começar o ano. Ele já articula encontros com nomes do partido para pensar 2016. O encontro com os vereadores PMDBistas de Mossoró será no próximo dia 20.

Coalizão pela Reforma Política

A OAB vai lançar campanha pela reforma política e eleições limpas. Será no próximo dia 25. As principais propostas do debate são a proibição do financiamento de campanha por empresas; eleições proporcionais em dois turnos e paridade de gênero na lista pré-ordenada. O assunto rende.

Coligações partidárias

Ainda falta uma votação no Senado, a tramitação na Câmara e sanção presidencial. Foi aprovado em primeiro turno projeto que extingue as coligações partidárias para as eleições proporcionais. Se entrar em vigor, os partidos pequenos vão ter dificuldade de sentar nas cadeiras das casas legislativas.

Notas

Ambiental do Brasil

Publicidades

Bolsas 100% MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário