08 AGO 2020 | ATUALIZADO 20:10
Entrevista
Da redação
24/05/2015 04:56
Atualizado
11/12/2018 15:21

Brasileiro está acostumado com crises; esta não é a primeira e nem vai ser a última

A+   A-  
Ferdinando Genduso é o atual superindente do Partage Shopping, em Mossoró. Tem graduação em contabilidade e jornalismo e é especializado em gestão de shoppings center
Imagem 1 -   Brasileiro está acostumado com crises; esta não é a primeira e nem vai ser a última

A ENTREVISTA desta semana é com o jornalista/contador e administrador Ferdinando Genduso, superintendente do Partage Shopping Mossoró desde novembro de 2013.

Graduado em Comunicação Social - Jornalismo, Contabilidade e Gestão de Shopping Center/ Provar – Fundação Instituto Administração FIA/FEA/USP, Fernando Gentuso falou sobre o atual momento econômico do Brasil, o crescimento do Partage Shopping nas cidades de médio Porte, como Mossoró, Campina Grande (PB) e Betin (MG).

Profissional com mais de 30 anos de experiência no ramo de gestão de shopping centers, tendo atuado nas áreas administrativa/financeira, controladoria corporativa, comercial e superintendência, em shoppings de São Paulo (Plaza Sul, Jardim Sul, Internacional de Guarulhos, Colinas Shopping) em São José dos Campos, Shopping Curitiba e Goiabeiras Shopping em Cuiabá, Ferdinando Gentuso, fala com a desenvoltura de quem conhece o setor. Revela em A Entrevista que o foco correto para o crescimento é planejar.

Sobre a crise financeira no Brasil, Genduso disse: “temos que ser criativos”. E sua tática parece ter dado certo. O Partage está sempre lotado.

"O momento econônico é delicado, mas nunca devemos parar em função de determinadas crises"

 Segue-a

 

MOSSORÓ HOJE - O que permitiu a expansão de grandes redes de shoppings para cidades de médio porte como Mossoró, Betin, Campina Grande, processo este que aconteceu nos últimos dez anos?

FERDINANDO GENDUSO - Como você deve saber, o Grupo Partage investe fora das capitais. Então temos shopping aqui em Mossoró, em campina Grande. Temos em Natal. Em Campina Grande foi lançado recentemente a segunda unidade. Em Betim, Minas Gerais, fora da área da grande metrópole. E agora o grupo Partage está lançando em Rio Grande, no Rio Grande do Sul. Esta cidade fica na região portuária. Então a proposta da Partage é investir em cidades deste perfil de população de 200 a 500 mil. Este é o negócio do grupo, é apostar neste perfil de cidades para ajudar a desenvolver a região.

 

O que tem nestas cidades com este perfil que permitiu esta expansão, estes investimentos, esta geração de negócios e ampliação de negócios?

No caso específico de Mossoró, o desenvolvimento que a cidade vem apresentando nos últimos dez anos, proporcionado pela exploração de petróleo, área de salinas, a questão do melão, investimentos públicos... Foi isto que atraiu o Grupo Partage a comprar este shopping. Com a cidade crescendo, evoluindo, se destacando é neste cenário que o Partage pretende entrar e criar novos negócios e ampliar os que já existem também.

 

O eixo Rio/São Paulo ainda continuam sendo locomotiva comercial do País?

Com certeza São Paulo, Rio de Janeiro são grandes polos de negócios. Até como são cidades turísticas. Pessoas de outros países visitam e acabam voltando para fazer negócios. Em São Paulo e Rio de Janeiro tem muitas empresas multinacionais, que pode gerar mais e mais negócios.

 

Em Mossoró, o que o Partage fez ou está fazendo para garantir lotação, como tem sido inclusive durante alguns dias da semana?

Se você observar o que ocorreu nos últimos dois anos, o Partage está passando por melhorias, entrou lojas Renner, que não existia aqui, a Le biscuit, que não existia. Agora entrou a Rihappy, que é nacional e especialista em brinquedos. Agora estamos buscando a Lupo, que trabalha com peças íntimas. O Partage não olha só para um consumidor, olha para todos os lados. Então temos o cinema, que é muito democrática, é destinado para vários públicos. Temos boliche na área de lazer, os brinquedos, onde a criança vai brincar com os pais, então focamos o máximo de clientes possíveis, sem ter nenhum tipo de segmentação específica. Tem algumas com produtos mais específicos, mas o foco é geral, atendendo todas as camadas.

 

Qual a visão do senhor a respeito do atual momento da economia brasileira. Preocupa o Grupo Partage?

 

Este é o conselho que o senhor daria ao pequeno comerciante? 

Sim. Com certeza. A gente não pode desanimar. As crises tanto na vida pessoal como comercial vão sempre acontecer. Então temos que ser criativos. Acreditar que o negócio vai dá certo. De repente falar com outros parceiros nos negócios, trocar experiências e não simplesmente olhar o lado negativo e dizer que isto não vai dá certo e daí para frente não fazer mais nada.

 

Dica para comerciante de Mossoró enfrentar a crise...

Estou conhecendo Mossoró agora. É uma cidade que tem um grande potencial de crescimento. E vai acontecer com o tempo. É tudo uma questão de planejar. Um dos grandes negócios que a gente olha é o planejamento. Nós temos que planejar nossos negócios, temos que planejar nossa vida pessoal. Então a cidade vai crescer conforme o planejamento que for determinado. Cabe à prefeitura, governo do estado, a própria união criar alguns parâmetros para fazer a coisa continuar sempre em crescimento.

 

Qual o dia de pique de público no Partage durante a semana?

 

Quem são estas pessoas que lotam o shopping em plena quarta-feira?

Este é nosso objetivo. Eu quero trazer a família. Se você olhar um pouco do universo do Shopping, tirando um pouco o lado das compras, a família pode vir para lanchar, para almoçar, para jantar, pode vir para o lazer, cinema, brinquedos, pode até fazer uma compra numa determinada loja de um presente. Este é o grande foco. Trabalhar para trazer as famílias. As vezes ver o produto na vitrine e depois volta para comprar. As vezes está sozinho e depois volta com a esposa para fazer as compras.

 

Sobre a Partage:


O Grupo Partage foi criado em 1997, com sede na cidade de São Paulo. Na divisão Shopping Centers seu portfólio reúne nove unidades, sendo seis em operação e três em processo de construção. Na unidade em Mossoró, são mais de 80 pontos comerciais.

O primeiro empreendimento do grupo foi o Boulevard Shopping São Gonçalo, no Estado do Rio de Janeiro. Também estão em operação atualmente o Partage Shopping Mossoró (Rio Grande do Norte); o Partage Norte Shopping Natal (Rio Grande do Norte); o Partage Shopping Campina Grande (Paraíba); o Metropolitan Shopping Betim (Minas Gerais) e o Partage Shopping Parauapebas (Pará).

Três novos shoppings estão em fase de planejamento e construção: o Partage Shopping Rio Grande (Rio Grande do Sul), o Partage Shopping Divinópolis (Minas Gerais) e a mais recente aquisição do grupo: o Partage Shopping Rio Sierra (Paraíba). A empresa totaliza 270.000 m² de ABL e gera cerca de 25 mil empregos diretos.

Mais informações: http://www.partageshoppingmossoro.com.br/

Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário