02 MAR 2024 | ATUALIZADO 23:52
POLÍCIA
Ivenio Hermes
19/08/2016 09:48
Atualizado
13/12/2018 04:07

Observatório da Violência do RN lança relatório sobre assassinato de mulheres

A+   A-  
Assim iniciamos nossa contribuição para o mapeamento de mortes matadas de mulheres no Rio Grande do Norte
Imagem 1 -  Observatório da Violência do RN lança relatório sobre assassinato de mulheres
“Num país onde ainda existe o apelo machista que subsumi a mulher entre a lista de posses do homem, o Rio Grande do Norte não fica atrás e já completa 57 assassinatos de mulheres no ano de 2016, 8 a menos que o ano de 2015, em compensação, 8 a mais em 2016 com características de violência doméstica e/ou preconceito de gênero, sendo que nesta mesma época no ano 2015 o estado apresentava 3 feminicídios a menos.” Assim iniciamos nossa contribuição para o mapeamento de mortes matadas de mulheres no Rio Grande do Norte.

Além de nossa contribuição mensal para a sociedade norte-rio-grandense, que é a revista on-line do OBVIO – Observatório da Violência Letal Intencional, eventualmente contribuiremos com outros relatórios como o OBVIO – OBSERVATÓRIO DE FEMICÍDIOS, onde buscaremos trazer para a sociedade norte-rio-grandense uma alternativa de acesso célere ao mapeamento das mortes de mulheres, objetivando alertar para a causa-efeito dos assassinatos de mulheres.

O OBVIO – OBSERVATÓRIO DE FEMICÍDIOS, apresentara um recorte da violência letal praticada contra as mulheres nos municípios que sediam as cinco Delegacias de Atendimento às Mulheres – DEAMs que são: duas em Natal (uma na zona norte e outra na zona sul), uma em Parnamirim, uma em Mossoró e outra em Caicó, e no presente documento apresentaremos os números de C V L I destas cidades, além do rankiamento das mortes matadas de mulheres em todos os municípios do estado.

Para ler e/ou fazer download da revista na íntegra, acesse:
OBVIO – OBSERVATÓRIO DE FEMICÍDIOS

 

Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário