18 JAN 2019 | ATUALIZADO 23:51
MOSSORÓ

Homens encapuzados atacam a tiros famílias do MST acampadas na BR-304 em Mossoró

A denúncia foi feita pela vereadora Isolda Dantas. Ela informou que homens encapuzados atacaram o acampamento; felizmente, todos estão bem.
Da redação
02/05/2018 06:00
Atualizado
13/12/2018 12:49
A+   A-  
Homens encapuzados atacam a tiros famílias do MST acampadas na BR-304 em Mossoró
Assessoria | Isolda Dantas
Cerca de 150 famílias integrantes do Movimento Sem Terra, que estão acampadas na margem da BR-304, ao lado da Porcelanati, foram alvos de tiros por homens encapuzados na madrugada desta terça-feira, 1º. A denúncia foi feita pela vereadora Isolda Dantas (PT-RN). "Ação bárbara e criminosa", classificou a vereadora.

Segundo Isolda Dantas, "na madrugada deste dia 1 de Maio, dia dos Trabalhadores e Trabalhadoras, por volta de 2 horas os acampados foram pegos de surpresa, e atacado à tiros por homens encapuzados, ameaçando-as mais uma vez". 

A parlamentar informou que na manhã de ontem, ela e militantes prestaram solidariedade às famílias. "Daqui pra frente, será um momento de resistência e solidariedade ao maior movimento social do país", disse Isolda.

Essa é a segunda vez que às famílias do MST acampados na BR-304 são alvos de tiros. Na madrugada do dia 24 de abril, as mesmas famílias foram atacadas a tiros. Um homen foi baleado e socorrido para o hospital. No Plenário do Senado Federal, a senadora Fátima Bezerra falou sobre o caso e classificou como "violação dos direitos humanos e um ataque à democracia". Ele disse ainda que as famílias foram atacadas por uma "milícia fascista".

Leia mais
"Milícia fascista": Fátima Bezerra denuncia ataque a tiros a integrantes do MST na BR-304 em Mossoró
 

Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário