19 JUL 2019 | ATUALIZADO 00:24
POLÍCIA

Jovem acusado de matar dois e balear quatro pega 40 anos de prisão

Conselho de Sentença entendeu que Douglas Rafael concorreu diretamente para dois assassinatos qualificados e quatro tentativas qualificadas no dia 5 de fevereiro de 2018, no antigo Clube da Coserne
Cezar Alves, da Redação
10/07/2019 13:46
Atualizado
10/07/2019 13:52
A+   A-  
Jovem acusado de matar dois e balear quatro pega 40 anos de prisão
Douglas Rafael pega 40 anos de prisão pelo ataque a festa no Clube da Cosern, que resultou em duas mortes e 4 baleados no dia 5 de fevereiro de 2018
Junior Alves/SuperTV

O Tribunal do Júri Popular  condenou Douglas Rafael da Silva, de 19 anos, a 40 anos de prisão, inicialmente em regime fechado, por dois homicídios qualificados e quatro tentativas de homicídios qualificadas, crimes estes ocorridos durante o ataque de uma facção criminosa a uma festa no antigo Clube da Cosern, no dia 5 de fevereiro de 2018.

O julgamento começou às 8h30, sob a presidência do juiz Vagnos Kelly de Figueiredo. O promotor de Justiça Italo Moreira Martins expôs o caso aos jurados. O advogado Guilherme Marinho de Araújo Mendes atuou na defesa do réu.

O julgamento popular aconteceu no Fórum Municipal Desembargador Silveira Martins. Foi concluído no início da tarde, com com a decisão do Conselho de Sentença pela condenação do réu conforme proposto pelo Ministério Público Estadual.

Confira a sentença.

Dois homicídios consumados qualificados: a pena para cada foi de 12 anos;

 e por quatro tentativas de homicídio qualificadas: pena para cada uma de 4 anos;

Pena total: 40 anos em regime fechado. 

O promotor de Justiça Italo Moreira Martins disse que não vai recorrer da sentença. O advogado de defesa tem cinco dias para decidir se vai recorrer ou não. Enquanto isto, o réu deve aguardar preso.

Veja mais

Confronto entre facções deixa 2 mortos e 4 feridos no Clube da Cosern

O ataque aconteceu por volta das 2 horas da madrugada. O réu Douglas Rafael da Silva, de 19 anos, junto com outros comparsas, segundo o MPRN, concorreu diretamente com o ataque, surpreendendo as vítimas (maioria do bairro Santo Antônio) que estavam participando de um evento festivo no antigo Clube da Cosern.

Vítimas do ataque

Moisés Wilkson da Silva Lopes, de 25 anos (Assassinado)

Ellane Aline Jácome Xavier, de 20 anos (Assassinada)

Ewerson de Castro da Silva (sobrevivente) 

Jorgivan Kleber de Oliveira (sobrevivente) 

Maria José de Oliveira (sobrevivente) 

Maria Sandrinilda de Souza Lima (sobrevivente) 

A chacina só não se consumou porque os seguranças da festa conseguiram reagir, atirando nos assassinos, tendo conseguido balear Douglas Rafael da Silva. 

Douglas ainda foi levado pelos comparsas, mas teve que procurar atendimento médico e na ocasião terminou preso e autuado em flagrante pelo ataque. 


Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário