28 FEV 2020 | ATUALIZADO 17:31
POLÍTICA

“Existe uma grande chance do governo duplicar a BR 304”, diz o senador

O senador Jean Paul Prates explicou que já existem quatro seguimentos da BR 304 já estudados e dois deles já têm projetos executivos, podendo ser aberto processo de licitação para eles.
DA REDAÇÃO, COM INFORMAÇÕES DA SUPER TV
16/08/2019 10:10
Atualizado
16/08/2019 10:59
A+   A-  
Imagem 1 -  “Existe uma grande chance do governo duplicar a BR 304”, diz o senador Jean Paul Prates. Ele explicou que já existem quatro seguimentos da BR 304 estudados e dois deles já têm projetos executivos, podendo ser aberto processo de licitação para eles.
“Existe uma grande chance do governo duplicar a BR 304”, diz o senador Jean Paul Prates. Ele explicou que já existem quatro seguimentos da BR 304 estudados e dois deles já têm projetos executivos, podendo ser aberto processo de licitação para eles.
FOTO: REPRODUÇÃO/SUPER TV

O senador Jean Paul Prates esteve, na noite desta quinta-feira (15), no Programa Enfoque Político, do jornalista Saulo Vale, onde falou sobre o projeto de duplicação da BR 304, que corta o Rio Grande do Norte.

O senador explicou que existe uma "grande chance" de o Governo Federal realizar a duplicação da BR, embora a Comissão Mista de Orçamento, que é a comissão que define o orçamento da união, tenha definido que não haveria atendimento para emendas voltadas para estradas locais.

"Todos os estados que têm estradas importantes apresentaram emendas, mas todas foram cortadas", disse o senador.

Jean Paul contou que foi preciso entrar com um pedido isolado, diretamente ao Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, para explicar a importância desta duplicação e conseguir resgatar essa emenda.

"Conseguimos resgatar [a emenda de duplicação da BR] Natal/Mossoró com o argumento de que ela é o complemento da BR 101 e a ligação de todas as capitais do Nordeste, pelo litoral. Então nós precisamos duplicar para termos as capitais dobradas", explicou.



Notas

Convite Missa

Publicidades

Bolsas 100% MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário